DEPOIMENTOS DE MÉDICOS QUE PRATICARAM ABORTOS

DEPOIMENTOS DE MÉDICOS QUE PRATICARAM ABORTOS

QUANDO A DOR FAZ ENCONTRAR O AMOR E A LUZ

Por Wagner Borges

(Um Depoimento Extrafísico de Médicos que Enriqueceram Praticando Abortos)

Nós fomos longe demais!
Por arrogância, semeamos violência.
Nuvens vermelhas toldaram nossa visão.
Disparamos nosso materialismo contra a própria vida.
Ficamos tingidos de sangue e de trevas.
E não notamos o quanto aquilo nos envergonhava.
Não vimos as valas escuras que se abriam em nossos corações.
Nossas roupas eram brancas, mas nos enchemos de escuridão.
Liquidávamos os fetos, sem perceber que havia espíritos ligados a eles.
Muitos deles choravam, chocados com a rejeição e o desprezo.
Mas nós não ouvíamos! Éramos surdos ao coração e cegos para a verdade.
Nós estávamos no controle e podíamos fazer de tudo, e ganhávamos muito dinheiro.
Viajamos por muitos lugares, e comemos do bom e do melhor.
Nossas roupas eram caras e nossos carros eram de luxo.
Contudo, comíamos e deitávamos com as trevas, pois o nosso dinheiro estava manchado de indignidade.
Juramos defender a vida, mas nem mesmo a víamos.
E fomos levando, sem pensar nas conseqüências disso…
Até que fomos engolfados pela morte, e nos vimos atolados em trevas e rodeados por vozes tenebrosas, acusando-nos de termos manchado a vida de sangue.
Tomamos ciência do mundo espiritual, e demos de frente com nossa ignorância e orgulho. Nós não éramos médicos, nós éramos mercadores de indignidades.
E pagamos um alto preço por isso!
Choramos muito, e vimos os efeitos de tudo de mal em nós mesmos.
Escutamos o choro de muitos, dentro de nossos corações. E fomos chamados de carniceiros e covardes.
Hoje, estamos purgando as trevas de nossos corpos espirituais*.
Estamos padecendo e pedindo perdão a todos.
E, quem nos trata aqui, no mundo espiritual, são aqueles Médicos do Espaço, que já eram médicos amorosos na Terra. Os médicos de verdade!
Médicos que não venderam a alma nem beijaram as trevas.
E são eles que pediram para nós darmos esse depoimento.
Somos médicos caídos, tentando melhorar.
E, ao contarmos nossa história, melhoramos, pois aliviamos a pressão interior.
Estamos arrependidos, sim! E pedimos perdão novamente.
Só queremos melhorar, para, quem sabe, nos tornarmos médicos de verdade, com valor e honra.
E agradecemos todo apoio e compreensão, pois estamos precisando, muito.
Nossa cura vem, com certeza. Reconhecemo-nos como deficientes espirituais, e queremos a recuperação.
Merecemos a reprovação de todos, mas, pedimos misericórdia.
Que Deus nos perdoe! Que as crianças nos perdoem!
Éramos doentes de arrogância. Éramos miseráveis cortando crianças!
Mas, se há amor em vocês, por favor, nos ajudem. Orem por nós!
Aceitamos a reprovação, mas também aceitamos compreensão e perdão.
Para que nós possamos recuperar o tempo perdido.
Para sermos médicos de verdade. Para caminharmos com dignidade!
Só Deus é quem sabe o quanto estamos sofrendo.
Pela dor, encontramos o Amor. E a Luz nos curará!
Os Médicos do Espaço estão nos curando. E é por eles que estamos nos expondo assim, pois é doloroso dizer ao mundo que nós espalhamos sangue e trevas.
E, ao mesmo tempo, é curativo pôr para fora os nossos atos podres.
Mais uma vez, obrigado.
Que Deus nos perdoe e nos dê uma nova chance.
Vamos ficar bem, se Deus quiser!

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 19 de março de 2009.)

– Nota de Wagner Borges: Esses escritos foram feitos dentro dos estúdios da Rádio Mundial, durante a apresentação do programa Viagem Espiritual**. Trata-se do depoimento de um grupo de médicos extrafísicos que está em tratamento do “lado de lá”. São caras que praticavam abortos em clínicas clandestinas e enriqueceram com essa atividade nefanda. Que fique bem claro isso! Não está em questão outros casos de aborto, principalmente aqueles em que a vida da mãe corre riscos e precisa ser preservada em primeiro lugar. Nem está se falando aqui dos médicos honrados, que tanto ralam nos plantões e que têm de decidir coisas urgentes em segundos e sob forte pressão.
Inclusive, esses escritos foram lidos no ar para os ouvintes, junto com as explicações pertinentes. E, ali, deixei bem claro que os escritos se referem ao caso específico desses médicos que distorceram a arte da cura e bandearam-se para o lado trevoso. E esclareço que apenas peguei mediunicamente esse depoimento. Ou seja, não tenho nada a ver com isso e só repassei o mesmo no ar; e, agora, repasso-o aqui, transcrito.
E admiro de monte os médicos responsáveis e dedicados, que são verdadeiros amparadores encarnados e merecem todo nosso respeito.
O objetivo de um texto desses não é por autoculpa em ninguém, muito pelo contrário. Relatar algo assim faz parte do esclarecimento espiritual, e visa alertar a todos sobre as consequências extrafísicas dos atos de cada um durante a vida terrena.
Sei que me exponho ao repassar um texto desses, sobre uma situação dolorosa, mas, como espiritualista consciente e responsável, cumpro a minha parte, que é a de esclarecer e repassar aquilo que o plano espiritual me pede para veicular.
Durante todo tempo, essa conexão espiritual com os médicos em tratamento era supervisionada por dois amparadores extrafísicos***, que patrocinaram o lance e seguraram um campo energético em torno de mim, para proteção e consecução da tarefa interplanos.
Só posso dizer que sinto-me muito honrado pelo plano espiritual me permitir ver coisas além do corpo e repassá-las entre os homens da Terra.
Oxalá, que, mesmo com meus defeitos, eu continue a ser merecedor de tal honra.

Paz e Luz.

– Notas do Texto:
* Corpo espiritual – Cristianismo – Cor. I, cap. 15, vers. 44.
Sinonímias:
Corpo astral – do latim, astrum – Estrelado – expressão usada pelo grande iniciado alquimista Paracelso, no séc. 16, na Europa, e por diversos ocultistas e teosofistas posteriormente.
Perispírito – Espiritismo – Allan Kardec, séc. 19, na França.
Corpo de luz – Ocultismo.
Psicossoma – do grego, psique – alma; e soma, corpo. Significa literalmente “corpo da alma” – Expressão usada inicialmente pelo espírito André Luiz nas obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier e por Waldo Vieira, nas décadas de 1950-1960, que atualmente é mais usada pelos estudantes de Projeciologia.
** Apresentado às 5as feiras, das 19h às 20h, na Rádio Mundial de São Paulo – 95.7 FM. – A gravação contendo o lnace narrado aqui pode ser acessada no seguinte endereço específico do site do IPPB – www.ippb.org.br: http://multimidia.ippb.org/2009/03/19/mantra-budista-e-comunicacao-espiritual-de-medicos-extrafisicos-que-praticavam-abortos/
*** Amparador extrafísico – entidade extrafísica e positiva que ajuda o projetor nas suas experiências extracorpóreas; mentor extrafísico; mestre extrafísico; companheiro espiritual; protetor astral; auxiliar invisível; guardião astral; guia espiritual; benfeitor espiritual.
Retirado de: http://www.ippb.org.br/textos/textos-periodicos/921-quando-a-dor-faz-encontrar-o-amor-e-a-luz – Texto periódico 921

O que você achou?

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)