COMO OCORRE A QUITAÇÃO DE CARMA E SUA VELOCIDADE DE RETORNO

COMO OCORRE A QUITAÇÃO DE CARMA E SUA VELOCIDADE DE RETORNO

Muitos que ainda não perceberam que não precisam sofrer para quitar seus karmas negativos programam restringimentos, problemas, dores e doenças.

A questão é que depois que renascemos, esquecemos de tudo (toda a programação) e quando na carne, nos deparamos com o karma negativo que programamos, seja autoconsciente, seja mesclado, surge o desespero e em alguns casos até a vontade de “quebrar o contrato” que nós mesmos programamos. Aí já é tarde.

A calma e a confiança sempre são o melhor remédio. Às vezes esta aí justamente o remédio, aceitar “a dor remédio” com amor e harmonia sem esmorecer na luta natural contra ela. Em certos casos, a consciência que passa pelo processo, pode estar programada para ser um acelerador de mudanças familiares, ou seja, uma mudança de consciência coletiva de uma família ou outro grupo qualquer.

Se a lei do karma está descrita como a segunda lei de Newton, também é complementada pela teoria da relatividade de Einstein que interpreta o tempo e o espaço como uma unidade indivisível.

O tempo existe porque existe o espaço, são inseparáveis. A evolução ocorre em função do tempo. Se alterarmos a noção de tempo, alteraremos a noção de evolução. Quanto mais densa é a dimensão que se habita, mais lento é o processo evolutivo, noves fora à boa vontade da consciência de evoluir bem.


Velocidades do Karma

  • Karma Rápido;
  • Karma Lento.

Karma Rápido

Karma que volta na mesma vida. Está presente em pessoas que possuem um fluxo de bioenergias mais dinâmico e principalmente naqueles que conhecem bem o processo kármico. Em todos os casos existem várias variáveis intervenientes criando situações peculiares, mas em qualquer uma existem atenuantes e agravantes e todas serão ponderadas.

 

Karma Lento

Karma que volta em outra ou outras vidas. Pode ser na próxima vida ou não, tudo é muito relativo, mas também tudo é possível. Pode porvir de um erro muito grande, exigindo uma vida específica de muita miséria e sofrimento ou pode exigir o encontro com outras consciências que só será possível em outra experiência carnal ou em outra época que o sujeito esteja mais bem preparado para enfrentar a situação.


Nas pessoas que assumiram conscientes a responsabilidade kármica e desejam melhorar o karma negativo, provavelmente terão treinamento, estudo, e desta forma precisarão de um intervalo de tempo ([1]período intermissivo) fazendo com que o karma negativo seja adiado para uma próxima vida para ser bem enfrentado. Estas pessoas, pela sua disposição e despojamento, transformaram um karma negativo que nesta hipótese seria rápido em lento.

Resumindo: um tipo ou velocidade de karma pode ser transmutado em outro tipo ou velocidade de karma, no âmago quem decide é o sujeito que vivencia a experiência kármica e quem administra todo o processo é o Orientador Evolutivo e sua equipe de amparadores.

O karma lento desenvolve um karma latente, ou seja, o que é acumulado ou guardado para eclodir em outro momento mais propício.

[1] Período entre missões ou entre vidas sucessivas. Haverá uma explicação bem mais detalhada no fim do livro.

carma, karma, quitação cármica, quitação de carma, sofrimento, culpa, programação cármica, programação do carma,

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)