OS TIPOS DE KARMA

OS TIPOS DE KARMA

Karma Geográfico

Livro O Karma e suas Leis - Ramatis

Livro O Karma e suas Leis – Ramatís

É o karma negativo em função do local, região onde se vive. Pode-se estar vivendo em um local de extrema seca e passar necessidades. Pode-se estar em um local que você acabou de mudar e que até então era muito bom, mas de repente uma crise financeira abrange toda a cidade e causa uma infelicidade geral. Pode-se nascer em um local miserável ou rico e ter uma vida miserável ou rica.

Você pode passar a morar por diversas regiões e vivenciar coisas boas e más em função do local. O saldo de tudo é seu karma final. Tem íntima relação com as questões políticas.

Cada bairro, cidade, estado, país tem características próprias bem peculiares. Pode-se estar vivendo em uma cidade excelente, mas justamente em seu bairro é que falta água.

Um exemplo

Conheço uma cidade onde as pessoas são extremamente tristes e depressivas, onde o número de acidentes e suicídios é altíssimo considerando-se as devidas proporções com as megalópoles. Esta cidade tem 240.000 habitantes e está no sul do Brasil (1999). Por incrível que pareça é uma cidade com grande potencial. Analisando suas características, constata-se: alto nível de prostituição, contrabando, tráfico de drogas, muitos acidentes no trânsito, muitos casos de depressão e suicídios.

Evidentemente não estou criando regras, todas tem exceção, para efeito de análise é necessário generalizar, quando se generaliza sempre se sacrifica alguém. É claro que existem coisas boas e pessoas felizes nesta cidade também, mas de forma geral foi uma estatística constatada.


Karma Financeiro

Pessoas que abusaram de condições econômicas em outras vidas se enquadram aqui. É o sucesso ou fracasso profissional seguido da proporção financeira. Existem pessoas desprivilegiadas técnica e intelectualmente, mas obtêm sucesso financeiro e outros bem preparados não obtêm sucesso. Como a maioria de nós não foi honesta no passado (outras vidas), agora vivenciamos as oportunidades de valorizar a honestidade com trabalho duro. É a forma mais comum de autopunição kármica, as pessoas não se acham merecedoras de prosperidade.


Karma Social

É a condição de se estar bem ou mal integrado na sociedade como um todo. No trabalho, na família, com filhos e esposa, o fato da solidão, o problema do desajuste e da rejeição, das festas e eventos vivenciados em grupo, seja trabalho, seja lazer.

São pessoas que em vidas passadas causaram desequilíbrios em determinadas sociedades por qualquer motivo seja político, seja religioso.


Karma Sexual

É o problema ou êxito da satisfação nos relacionamentos sexuais, mas principalmente naqueles que são mais duradouros. Existem casais que têm um bom relacionamento vertical e péssimo horizontal. Aí existe um recíproco karma negativo sexual.

São pessoas que abusaram da sexualidade de diversas formas em vidas passadas, podem ter se utilizado do poder em assédios sexuais, até mesmo terem misturado magia com sexualidade ou mesmo incentivado ou vivenciado formas de prostituição.


Karma Cultural

É a condição de se ter ou não acesso à cultura. A cultura é o universo das informações. Hoje temos e-book, áudio-book, CD, DVD, BLU RAY, TV de Led, cinema 3D, computadores, fibra ótica, celulares e banda larga. Você tem acesso a tudo isso?


Karma Físico

É a condição de se nascer fisicamente completo, sadio, apto a praticar e completar toda mecânica de movimentos socialmente conhecida no lazer, esportes e nos transportes. Talvez seja um dos karmas mais difíceis de lidar e de superar, principalmente quando é adquirido no meio de uma vida. Neste caso não é congênito, foi um “mal” adquirido no meio do percurso da existência, mas também por estar programado o evento.

Devido a algum mal do passado (é claro), sem possibilidades de melhora espiritual em condições físicas boas, é necessário vir com alguma deformação para sensibilização do nível de consciência. Quem vem com um karma negativo físico a este nível é porque não tinha mesmo condições de superar seus defeitos em forma física sadia.

Hipótese: aleijou-se alguém no passado (um crime qualquer), foi uma falta de sensibilidade, teve chances de melhorar em outra ou outras vidas e não melhorou, desperdiçando as chances, e assim o processo chegou a um ponto onde somente sentindo na própria carne é que terá possibilidades para melhorar.

 

Mesmo vindo para esta vida limitado, se não houver a melhora do nível de consciência, uma aceitação, uma compreensão do processo, não terá adiantado nada. Todas as limitações que o cosmos e as leis do Criador nos impõem são temporárias e para nossa própria cura, mas se reagirmos mal ao remédio ele terá que ser ministrado novamente e em doses mais fortes “pois as bactérias conscienciais ficaram resistentes”.

Uma simples mudança em seu nível de consciência pode representar um grande avanço na superação de um karma negativo doloroso.

Uma mudança no nível de consciência pode não restaurar a saúde ou perfeição física no momento, mas muda toda a realidade consciencial: o que era dor e sofrimento passa a ser visto e sentido como um remédio passageiro até com razoável prazer. A realidade não é externa, mas totalmente interna. A gratidão consciencial é o primeiro passo para prosperidade espiritual.


Karma de Saúde

É a condição de possuir uma boa ou má saúde no decorrer da vida. Muitos problemas de doenças podem ser consequência do uso de drogas ou mau uso do sexo em outras vidas. Maus sentimentos como ódio e depressão podem trazer doenças na mesma vida ou na próxima. Em síntese, são pessoas que prejudicaram seu corpo e saúde em vidas passadas.


Karma Mental

Pouco se pode fazer quando o caso é fisiológico, mas hoje em dia já se sabe que quanto mais integrado for o paciente socialmente, mais se recupera. Nestes casos vai valer o karma financeiro da família do paciente. Nos casos de loucura, a maior parte é [1]obsessão sendo necessária uma ajuda de algum espiritualista que oriente a família e amigos.

O paciente neste estado deve ter uma mudança de pensamento muito voltada para o amor, deve receber e doar muito amor. Assim, sairá da faixa de frequência energética dos inimigos do passado. É necessário estudar os processos de energia, espiritualidade e assédio para prevenir e se defender de ataques. Existem instituições especializadas com excelentes cursos e muitas casas espíritas se dispõem a ajudar nos processos de desobsessão. É fundamental o esclarecimento. Bastante recomendável o atendimento através da Apometria. Temos um CD para computador específico no tema Apometria.

[1] Obsessão é uma influência espiritual negativa. É a mesma coisa que assédio.


Karma Emocional

O indivíduo que é equilibrado emocionalmente é superior. A maioria da população não é. Hoje, sabe-se da inteligência emocional ou QI emocional que é 80% responsável pelo sucesso da pessoa do ponto de vista social. O emocional muito exacerbado se transforma em problema mental e pode virar um caso psiquiátrico. Muita gente se suicida em uma crise emocional. A pessoa serena e equilibrada tem condição superior na vida em todos os setores.


Karma Intelectual

A capacidade de entender e aprender ou não as coisas novas e sofisticadas. Capacidade de saber aprender e ensinar, escrever e falar de conhecimentos.

Quanto maior a intelectualidade da consciência melhor sua visão do mundo, da vida, do Universo e talvez da espiritualidade, se contiver boa vontade. Uma intelectualidade desenvolvida se transforma facilmente em arrogância quando o indivíduo não possui discernimento consciencial.

Muitos nessa situação desencarnam mal e reencarnam com limitações intelectuais para aprenderem a praticar a modéstia ao invés de arrotar arrogância.

Einstein acreditava muito em Deus, mas não era religioso, de forma que era um espiritualista. Quanto mais intelectualizado, maior é o nível de questionamento, menos “vaca de presépio” é a consciência.


Karma Familiar

É a condição de se ter um relacionamento problemático com algum membro da família nuclear.


Karma Racial

O karma racial é o fato de não aceitar a raça com que nasceu. Este caso indica um racista em vida anterior.


Karma Conjugal

É a condição de não encontrar um (a) companheiro (a) e ser feliz ou se encontrar. Ter um relacionamento difícil, com muitas possibilidades de separação.


Compromisso Polikármico

São consciências que vem para a vida física com um compromisso assumido por elas próprias e com entidades espirituais amigas e superiores de ajudar de alguma forma em qualidade e quantidade compatíveis com sua competência a fim de ajudar a humanidade. Foram consciências que prejudicaram comunidades no passado e seu trabalho hoje se envolve com grande número de pessoas. As ferramentas e possibilidades para efetuar o compromisso polikármico aumentam quando se vivencia uma união em forma de casal completo.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)