QUERO FAZER UMA TVP

QUERO FAZER UMA TVP

As vezes ouço as pessoas dizerem isso: “quero fazer uma TVP”, mas isso soa muito leviano, como moda New Age.

TVP – Terapia de Vidas Passadas. Canso de ouvir de pessoas esta expressão. Espiritualidade não é brincadeira e para quem pode e gosta de gastar dinheiro à toa, é preferível ir ao parque de diversões ou ao shopping.

Primeiro se pergunte se você tem um problema de fato ou se é apenas curiosidade. Se for curiosidade saiba que pode se frustrar, pois se você acha que irá experimentar fenômenos interessantes ou incomuns, dificilmente será assim.

Comece do princípio teórico e generalista que não fomos bons no passado e em muitas vidas anteriores. Observe que somos hoje quase o mesmo onde apenas mudou contexto social. Só procure TVP se for muito necessário e escolha com cuidado o profissional que vai lhe atender. Procure saber de outros se obtiveram bons resultados e pesquise com muita calma. Pode ser que você não se dê bem com TVP e se dê muito melhor com outra técnica, esteja preparado, não há transformação íntima (cura) sem você se comprometer com ela. Ninguém cura ninguém, pois toda cura é uma autocura. A TVP também possui contraindicações, procure conhecê-las.

 

Quero fazer uma TVP pelo método de Brian Weiss

Há pessoas que negligenciam a cura (o fim) e priorizam o meio (o método). Quando desejamos algo (no caso, uma cura), devemos iniciar pelo princípio. Primeiro, as atitudes básicas, inclusive a procura, se possível, por um terapeuta espiritualista. Às vezes, você melhora ou se cura com um método simples e convencional, mas fica procurando “fogos de artifício” (fenomenologia) para seus tratamentos. Mais vale a competência do profissional e a empatia com o mesmo que o método que se usa. Você pode escolher o método e cair na mão de um incompetente. A New Age tornou-se uma “praga“ mística no século XXI, inclusive na Internet onde existem muita gente leviana. Tome cuidado com os nomes e rótulos chiques, foque sempre no conteúdo.

 

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)