ADORANDO MESTRES

ADORANDO MESTRES

Há muitos adoradores de mestres. Verdadeiros tietes e fãs apaixonados. Adoram mestres louvando sua sabedoria, mas contrariando suas virtudes universalistas e despreconceituosas. Adoram Jesus, Buda, Kardec, Krishna ou Ramatís entre outros.

São egos que se projetam na figura do mestre. Transformam-se em egos que adoram “egos” projetados. Projetam seus chacras umbilicais nos chacras coronários dos mestres, os louvam e agem ao contrário. Enquanto o umbigo abre, o coração e a mente fecham.

É estranho vermos um ego rico em preconceito e ódio admirando uma consciência repleta de universalismo e amor. O amor é um só. O universalismo é um só, mas egos são muitos e não “enxergam” consciências, adoram as “personalidades” desejando os talentos do mestre admirado em si mesmos. Só desejam poder.

Saibam que a virtude é sutil e não cabe nos densos. Enquanto não jogarmos fora às tralhas do umbigo e os lixos do coração, jamais iremos sentir e vivenciar a paz íntima e sabedoria de qualquer grande homem.

É simples assim. O sutil é simples e invisível aos densos. Mastigam pérolas e as cospem, atraídos pela densidade de seus orgulhos e egoísmos.Livro Mensagens de Ramatís

Quem “sensibiliza” tijolo é cimento. Só o sutil sensibiliza o sutil.

Para mim os Mestres genuínos “baixam” por aqui sim, para conversar conosco, no devido contexto proveitoso e útil, e muitos deles vem com o biotipo de “Pretos Velhos” e similares, sempre simples, as vezes como pessoas humildes anônimas em Centros Espíritas mais conservadores, e em certos casos até como “Doutores” para conseguirem o acesso aos mais ortodoxos. Suas mensagens são simples, rápidas, profundas e tocam as almas. Eles estão nas religiões, templos e igrejas, como disse sempre aproveitando o contexto assistencial, para não inflarem o ego de ninguém. Sua aparição não é ostensiva e nem empolada, não é “impressionante” e linguagem rebuscada. A linguagem de mensagem direta é sempre simples e direta ao coração, no caso de textos podem até ser poéticas, mas sempre com conteúdo que expande consciências.

Poucos se inebriam com os perfumes das flores,

Poucos admiram o azul do céu captando prana,

Poucos caminham devagar observando as expressões das pessoas,

Poucos mastigam as frutas lentamente e saboreiam seu néctar,

 

Poucos olham nos olhos e sorriem,

Poucos cumprimentam com prazer e abraçam,

Poucos abençoam e agradecem,

Poucos focam nas semelhanças respeitando e admirando as diferenças,

Mas todos adoram seus mestres.

 

Enquanto não nos religarmos ao amor cotidiano, sempre simples e factível, não adianta tentar nos religar a Deus.Áudio Mensagens de Ramatis

Mestre é referência e referência é exemplo.

Exemplo é para ser seguido e não contrariado na simetria perfeita do negativo.

Deus, o amor e os mestres estão acima das linhas de pensamento e dos rótulos religiosos tão mesquinhos e limitados.

 

Não adianta o mundo inteiro se curvar a Jesus (ou a Buda, Krishna ou outro) a uma só voz que nada adiantaria ou adiantará.

Cada um continuará a ser a si mesmo.

 

Os caminhos estão aí, mas a energia do amor é uma só e une os homens a autoconsciência na paz e na luz.

Por Dalton Campos Roque http://www.consciencial.org


Textos correlatos sobre mestres:

CONVERSANDO COM OS MESTRES

ADORANDO MESTRES

MESTRES DEMAIS

OS MESTRES DA MODA

MESTRE E DISCÍPULO


Eu gostaria muito de melhorar e enriquecer este texto, peço sua opinião. Você pode escrevê-la por aqui ou me passar um contato direto. Estou disposto a editá-la e alterá-la para melhor se você prezado leitor me indicar erros técnicos ou conceituais. Sou flexível em rever minha posição, sou humilde  e posso aprender com você.

Tags: Mestres, Mestres Ascensionados, Fraternidade Branca, Grandes Mestres, Mestres professores, Mestres frases, Mentores, Amparadores, Amigos espirituais, Orientadores Evolutivos, Serenões, Serenão, Mestres espirituais, Mestres conscienciais, Mestres da alma, Orientador Evolutivo, Engenheiros Siderais, Maiorais Sidéreos, Consciências Livres, Conclave espiritual, Conclave sideral, conselho cármico, senhores do carma, arcanjos, anjos, devas,

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)