EGO ESPIRITUALISTA

EGO ESPIRITUALISTA

Só o ego reconhece o ego.
Só o ego critica o ego.
Só o ego julga o ego.
Só o ego se incomoda com o ego.
O ego se constrange, se sente mal,
Condena como se estivesse sempre certo.

O ego olha somente para fora.
O ego não tem o espelho da autocrítica.

É curioso o ego espiritualista…
É o ego que critica a espiritualidade do irmão,
É o ego que ouve, que lê, que racionaliza e não sente.

O leigo é mais franco diante das argumentações espiritualistas, ele simplesmente diz que não acredita em voz alta e na frente de todos.
O espiritualista ouve, lê, fica em silêncio e critica pelas costas em sua “roda” mais íntima.
…Nada mais do que ego.

Talvez os bons espíritos e a respectiva espiritualidade prefiram os egos mais simples e puros, mais ingênuos de coração.
Há verdadeiros heroísmos silenciosos.
São tantas experiências!
Ainda falta muito para caminhar.
Ainda estamos “engatinhando”, mas criticamos o “nenê” do lado.
Um pouco mais, um pouco menos, somos todos “farinha do mesmo saco”, mas existem “farinhas” que se acham “mais brancas”.

Um ego se projeta mais, o outro escreve mais, outro “ouve” mais e ainda outro “enxerga” mais.
São vidas, atrás de vidas, cada consciência “um livro”, um HD consciencial” de vivências pessoais diferentes.
Jamais saberemos uns dos outros, jamais entenderemos o que sente, pensa ou que vivenciou cada consciência, mas ainda assim nosso ego espiritualista critica os demais.

Se temos ego? Sim, temos!
Então que tenhamos a vaidade de servir e ser assitenciais,
Tenhamos o orgulho de receber os bons espíritos e auxiliar na produção de suas obras,
Tenhamos o ego de dizer: sim, eu fiz, eu ajudei, eu realizei, eu construí, de alguma forma eu amei.
Tudo é ego!

Ego por ego, ego por não ego,
Que a dissolução do mesmo comece por aí.
É muito mais sadio, salutar e positivo enquanto ainda não dá para superá-lo totalmente e de uma vez.
Olhai para fora, mais olhai muito mais para dentro de si, esquecer o ego dos outros para produzir.

Paz e Luz a todos.

Eu Sou!
Eu sou o Tio Dalton, o amigo Dalton, o irmão Dalton e não tenho medo de abraçar minhas amigas ou até mesmo de beijar meus amigos. Sou bastante homem para isto, pois eu amo viver!
Eu estou em www.consciencial.org

 

Se você acha que este texto pode auxiliar alguém espiritualmente compartilhe e divulgue, obrigado!

Ah, deixe seu comentário, isso pode me ajudar a criar outros conteúdos.
E vote nas estrelinhas bem ao fim.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)