A CURA DA ALMA – TEXTO E PRÁTICA ESPIRITUAL

A CURA DA ALMA – TEXTO E PRÁTICA ESPIRITUAL

Já no leito recolhido, à vontade e relaxado, leia este texto com profunda reflexão.

Por favor, abandone todo egoísmo e os desejos cotidianos da vida.
Eleve seu pensamento ao Todo, Deus, Alá, Buda, Jesus, Ramatís, Krishna, Bábaji, Yogananda ou a quem quiser, mas concentre-se com serenidade e firmeza.
O resultado desse trabalho espiritual vai depender de sua sintonia.
Abandone qualquer ansiedade.
Faça o exercício sem expectativas.
Embora seja uma prática de cura, faça para doar, faça para ajudar a curar o mundo.

Deitado, sentado ou recostado, relaxe e pense em algo elevado com que se afinize.
Respira profunda e longamente por cinco vezes.
Leve sua atenção, sempre firme, mas sempre suave ao mesmo tempo para dentro de seu peito.

Este é o local de seu chacra cardíaco, a fonte de sua cura, da cura do mundo e de seus corpos e almas.
Crie, mentalize, imagine um brilho rosa dentro do peito.
É uma esfera de LUZ ROSADA que sai pelo peito e pelas costas.
Mentalize firme esta luz por pelo menos 5 minutos.

Ela é a conexão com o Divino dentro de ti e agora começa a pulsar.
Ela aumenta e diminui e solta brilhos coloridos que possuem vida própria e emanam para todo seu corpo, toda sua aura, todo seu ambiente onde estiver.
Emanam desta brilhante esfera de luz rosa, pétalas energéticas coloridas que flutuam no ambiente limpando e curando.
Emanam desta brilhante esfera de luz rosa, feixes de luz como raios de um arco-íris banhando e permeando seu quarto, sala e casa inteiros.

Nessa altura, alguns (ou muitos) amigos espirituais (amparadores) já estarão a seu lado lhe auxiliando, lhe ajudando em suas curas pessoais e auxiliando a curar a alma do mundo.
Continue firme.

Esta esfera de luz rosada se expande ainda mais.
Agora ela vai se relacionar com os outros chacras.
Agora ela vai iluminar, abençoar, iluminar, expandir e amar seus outros chacras.
O rosa do amor desce para o chacra umbilical (a dois cm acima do umbigo).
Ela, a luz rosa do amor, o abençoa, conversa com seu chacra umbilical por alguns minutos.
O chacra umbilical sorri e se emociona se transformando num portal de luz e vontade.
Mantenha a serenidade.

O rosa do amor desce para o chacra sexual (bem acima de seu sexo) e repete o procedimento.
Limpa-o, o ilumina e conversa com ele dizendo: não há culpa, só existe luz, não há culpa, o prazer é algo divino.
Ame e ame-se com autoestima elevada.
O chacra sexual cheio de luz se expande e gera força criadora sutil.

O rosa do amor desce para o chacra básico situado no períneo.
Lá ele brilha, pulsa, contrai e se expande como nunca.
Ele diz que o egoísmo e o medo são frutos da ignorância.
Diz que o universo é abundante e não geraria vida sem poder nutri-la e sustentá-la com dignidade.
A bola de luz de amor rosa diz: coragem e autoconfiança para viver e para servir.
Quanto mais se doa, mais se recebe. Isto não é moralismo nem religião, é lei natural.

Os três chacras de baixo se expandem numa cor branca e sorriem.

O rosa do amor sobre para o chacra laríngeo.
Uma intensa limpeza se dá.
Uma tosse pode surgir, será bom sinal de limpeza.
Coloque a tosse para fora.
Após terminar a tosse retorne ao banho sutil do amor rosa que limpa sua alma, sua aura e seus chacras.
O rosa do amor aconselha ao chacra laríngeo, situado na base da garganta a jamais mentir para si mesmo.
A mentira a outros é fruto das mentiras internas.
As fugas, os não enfrentamentos, a leviandade são as mentiras internas que levam a doença.
O chacra laríngeo compreende, sorri e brilha aliviado.

O rosa do amor sobe ao chacra frontal pouco abaixo do centro da testa.
Um suave relaxamento craniano se dá.
Um gostoso conforto aparece na nuca e desce aos ombros relaxando até os braços.

A glândula pineal bem no centro do cérebro brilha em cor violeta intensa iluminando toda caixa craniana: cérebro, cerebelo, bulbo e até por dentro do pescoço.
E o rosa do amor diz ao chacra coronário: você jamais evolui sem mim. Sem o afeto a vida, a Deus e aos humanos, você apenas sofre, explora e é explorado. Viva a vida sem perder o foco no Divino, no sutil, no prana invisível aos rudes e tão brilhante aos sensitivos.
O frontal se expande em ideias novas, brilhos sutis, clarividências amorosas e sorri.

E o rosa do amor sobe ao chacra coronário, o chacra sagrado das 1000 pétalas, que sereno, aguarda o chamado do coração.
O rosa do amor diz ao chacra coronário: já convidei todos os outros chacras para virem até mim.
Quando eles vierem até mim, de mãos dadas eu os trarei todos até você e juntos explodiremos em Samadi de Amor Eterno rumo ao Infinito e beijaremos os pés do Absoluto que permeia nossos nádis e nossa existência.

Nossas “consciências” semiconscientes se fundirão na autoconsciência do Um, do Tao Imanente e Inefável e assim brilharemos juntos pelos caminhos da eternidade.

Supondo 5 minutos para um relaxamento inicial, mais 5 minutos para mentalizar o “rosa do amor” no centro do peito 2 ou 3 minutos para cada chacra teremos: 5 + 5 + 6 x 3 = 28 minutos até aqui.
Você pode efetuar o exercício sozinho, lendo e mentalizando. Não há necessidade de decorar a prática para efetuá-la.

Melhor ainda fazer em grupo, cujo dirigente guia todo o exercício em lugar confortável e com música relaxante de fundo. Um grupo sinérgico potencializa os resultados.
Se você praticar todas as noites por ao menos dois meses, sua vida irá mudar para melhor em todos os aspectos.

Você pode ainda, ao fim dos 28 minutos emanar energias de cura e alento para: hospitais, creches, asilos, cemitérios, bolsões umbralinos, entes queridos, presídios, mendigos, prostitutas, centros de recuperação de viciados, portadores de doenças físicas ou psíquicas (psiquiátricas) ou simplesmente dirigir a toda humanidade de forma imparcial e deixar que os amparadores façam o resto – creio que esta é a melhor opção. Se for dirigir a alguns destes locais sugeridos, escolha um ou dois apenas para não sobrecarregar o trabalho.

Esta prática é excelente, sem contraindicações a todos. Pode e deve ser praticada por dependes químicos, por obsidiados, por depressivos, por ansiosos, por epiléticos, mas nesses casos sem dirigir as energias para ajudar terceiros, mas apenas com objetivo de autocura e sempre com assistência de alguém mais seguro nas práticas espirituais e bioenergéticas.

Quando eu puder vou montar as imagens para facilitar a visualização das pessoas. Se possível vou fazer uma animação gráfica e até tentar com algum locutor voluntário a gravação da mesma em voz em MP3. Vou postar no site www.consciencial.org tudo aberto a todos quando estiver pronto e comunicarei.

Então quem quiser terá imagens, animação e voz, além do texto para praticar, distribuir e divulgar a todo mundo gratuitamente. Se alguém quiser tomar a iniciativa de gravar em voz e dispor as pessoas, está liberado, apenas me comunique. Importante ao gravar é fazer as devidas pausas para as mentalizações e mixar um som adequado ao fundo. Dessa forma, um dia poderei mixar a gravação com uma animação gráfica.

***

Esclarecimentos: ontem era sexta-feira e no meio da tarde eu estava muito cansado. Eu não me deitei, pois não consigo dormir de dia, então me recostei na cama. Sempre estou fazendo uma prática outra. Seja caminhando, dirigindo, no chuveiro e em diversas condições, lugares e situações. A coisa brota na minha mente, e sem exagero, às vezes a prática roda sozinha, o que me faz concluir que algum amigo espiritual a induz em mim, para que eu registre em que meio for.

Cada pessoa deve analisar sua vida e seus objetivos maiores e seu caminho e deve tentar sacar qual chacra que deve priorizar para trabalhar nesta vida. A minha prioridade pessoal é o chacra do coração. Sou ariano e tudo em mim vai para a cabeça, então tenho que focar o peito, o amor e a compaixão. Tem mais de 10 anos que trabalho o cardíaco diariamente com suavidade. Então na sexta, recostei-me e meio cansado e desanimado eu comecei a me cobrar amor e serviço.

Então comecei a conversar com meu chacra cardíaco e rolaram muitas coisas boas que daria um jornal. Então surgiu todo exercício e o resultado foi sem exagero nenhum, maravilhoso. Ao deitar-me o pratiquei de novo e adormeci. Acordei tarde no sábado e meu ímpeto foi escrever todo o ocorrido.

Do fundo do meu coração espero que eu tenha captado direito e registrado bem a essência e até os detalhes do exercício que me foi passado pelos amparadores ontem e explicado durante a noite em possíveis viagens astrais que não me recordo a nível consciente agora.

Se alguém puder fazer a gravação não estará me ajudando, mas ajudando ao mundo. Eu sou uma formiguinha e só carrego a folhinha que consigo.

Abraços de Paz, Amor e Luz,
Dalton Campos Roque e Andréa Lúcia da Silva
Utilize nossos textos a vontade, mas cite a fonte e o site –
www.consciencial.org – e nunca cite o e-mail. Obrigado.

***

A seguir um pequeno trecho do livro ESTUDOS ESPIRITUALISTAS – Desvendando os Caminhos (Ramatís/Dalton) que ilustra melhor os chacras que citamos na prática espiritual anterior. No entanto, o livro aprofunda muito mais sobre bioenergias, chacras, parachacras e viagens astrais.

d. Descrição dos sete chacras[1]

CORONÁRIO (do sânscrito: sahashara: “o lótus das mil pétalas”); Topo da cabeça; ligado à glândula pineal (epífise); bijamantra: brahmarandra ou o OM. O despertamento deste chacra se dá em decorrência do desenvolvimento dos outros chacras, principalmente o frontal. Favorece a expansão da consciência, do nirvana (Budismo), samadhi ou consciência cósmica. Atua na memória, quando de retorno das saídas do corpo (viagens astrais). Na verdade possui 972 pétalas exatamente, onde 12 são internas e 960 são externas. Estas 12 pétalas internas possuem íntima ligação com o chacra cardíaco, obrigando ao ser humano evoluir pelo amor.

FRONTAL (do sânscrito: ajnã: “centro de comando”); testa; ligado à glândula hipófise; pituitária); bijamantra: OM. Quem sente o frontal vibrar, pulsar ou latejar, é porque já despertou a kundalini[2], ocorrência comum nos médiuns desenvolvidos. Quando ativado, desperta a clarividência e a intuição e dá as seguintes sensações na testa: pulsações, ardência, rachadura, intumescimento. Possui 96 pétalas.

LARÍNGEO (do sânscrito: vishudda: “O purificador”); Garganta; ligado à glândula tireóide (e paratireóides); Bijamantra: ham. Ligado às cordas vocais (comunicação), boca (mastigação e salivação) e traquéia e laringe (respiração). Quando bem desenvolvido favorece a comunicação. Médiuns de psicofonia possuem o chacra laríngeo desenvolvido. Possui 16 pétalas.

CARDÍACO (do sânscrito: “Anahata”: “Invicto”; “Inviolado”); Coração; ligado à glândula timo; Bijamantra: yam. Trabalha a área cárdio-respiratória e os sentimentos. O coração sofre e ação do que a consciência sente a nível afetivo. Possui 12 pétalas.

UMBILICAL (do sânscrito: “Manipura”: “Cidade das jóias”); Cerca de dois centímetros acima do umbigo (controla toda a região do plexo solar); ligado à glândula pâncreas; Bijamantra: ram (pronuncia-se “ra”m). Também chamado de cérebro abdominal ou coração-moral-das-entranhas. Quando está aberto funciona como um radar psíquico, sente sem ver, instinto. Alimentação viscosa bloqueia este chacra como: nozes, cafeína, castanha de caju, amendoim e chocolate, do qual médiuns e projetores devem evitar próximo ao momento de seus trabalhos espirituais. Este chacra é responsável pelas emoções mais instintivas (média da humanidade): ódio, inveja, ciúme, raiva, orgulho, vaidade, medo, egoísmo e outros sentimentos densos. Possui 10 pétalas.

SACRO (do sânscrito: Swadhistana: “Morada do Prazer”); Região do baixo ventre (pela sua própria localização no corpo, esse chacra seria melhor denominado como “gênito-urinário”); ligado às gônadas (homem: testículos; mulher: ovários); Bijamantra: vam. Possui 6 pétalas.

BÁSICO (do sânscrito: muladhara: “Base e fundamento”; “Suporte”); base da coluna; ligado às glândulas supra-renais; bijamantra: lam. Sede da kundalini, fogo serpentino ou poder ígneo. China (Taoísmo): “Tan Tien inferior” (“esfera do elixir interior”); Japão: hara (“Parte inferior da barriga”). Quando bem desenvolvido, propicia autoconfiança, segurança e prazer em viver. Possui 4 pétalas.

Quanto aos chacras básico e sexual: a ligação desses dois chacras é estreita demais. Isso se deve ao fato de que parte da energia kundalini é veiculada do básico para dentro do chacra sacro (sexual). Em função desse fator, alguns tibetanos consideram esses dois chacras um único centro.

Há muito mais chacras do que os sete principais. Há chacras secundários nas palmas das mãos (palmochacras), plantas dos pés (plantochacras), pulmões, fígado, estômago, orelhas, mandíbulas, ombros, joelhos, entre as escápulas (omoplatas). Na verdade, os chacras estão espalhados por todo corpo. Para cada poro do corpo, há um pequeno chacra em correlação direta, no campo vibratório correspondente.

Trecho do livro ESTUDOS ESPIRITUALISTAS

Abraços de Paz, Amor e Luz,
Dalton Campos Roque e Andréa Lúcia da Silva
Utilize nossos textos a vontade, mas cite a fonte e o site –
www.consciencial.org – e nunca cite o e-mail. Obrigado.

[1] Para saber mais sobre os sete chacras principais, técnicas bioenergéticas, ouvir seus bijamantras, etc, adquirira o CD Sete Chacras pelo site <www.consciencial.org>. [2] Segundo Waldo Vieira, no livro Projeciologia: Panorama das Experiências Fora do Corpo Humano, Editora IIPC.

***

A Autocura que cura o Mundo: A Cura da Alma – Texto e prática espiritual e bioenergética

Por Dalton Campos Roque – http://www.consciencial.org

Curar é amar…
Autocura é autoperdão.
Vem amor…
Vem tingir a aura de meu peito e costas na cor rosa.
Vem amor…

Tingir minha aura e minha psicosfera de dourado.
Ensine a curar minha alma servindo ao mundo.
Ajude-me a sair do cofre do ego,
A sair dos grilhões kármicos do egoísmo.

Para flutuar nos pomares de prana vitalizante.
Curtindo o amor singelo do anonimato.
Aprendendo a abençoar o mundo em silêncio externo,
Mas exalando uma serena voz de amor íntimo discreto.

Estrela de 12 pontas venha se expandir em meu coração emanando a Luz Eterna que paira, transcende e excede além de ti.
Que o brilho do Imanente se manifeste através de nós.
Que o brilho de meus olhos ajude na cura de outrem curando a mim mesmo.
Que o brilho de meu sorriso abençoe, esclareça e console, auxiliando na autocura que cura o mundo.

Que a humildade terna de meu cardíaco adoce, suavize, amorne, limpe e ame os chacras abaixo e os chacras acima.
Que o Amor Imanente Eterno adoce e suavize minhas críticas ácidas e às vezes arrogante de conhecimento.
Que o perdão na paz do autoperdão, seja o senhor de todas as horas em minha vida, exalando um perfume de serenidade que beija todos os meus chacras.
Que minha aura desmonte o ódio e a raiva dos companheiros do caminho, apenas no silêncio de meu olhar.

Que os frutos da árvore de meu trabalho, antes, cure a mim mesmo, como prova do resultado de meus próprios karmas e dharmas.
Que minha aura abrace o mundo desejando paz, exalando paz e colhendo a cura das almas.
Que minhas linhas, que analisam, que generalizam, que desvelam e me revelam, sejam apenas canais sadios de conexão e sintonia com o Amor Maior que governa a Vida.

Amor no chacra cardíaco,
Paz no frontal,
Luz no coronário e,
Cura para as almas.

A ti leitor, ofereço uma esmeralda verde energética e simbólica para alojá-la dentro de teu coração para motivar a cura da alma. (continua)

Abraços de Paz, Amor e Luz,
Dalton Campos Roque e Andréa Lúcia da Silva
Utilize nossos textos a vontade, mas cite a fonte e o site –
www.consciencial.org – e nunca cite o e-mail. Obrigado.

Se você acha que este texto pode auxiliar alguém espiritualmente compartilhe e divulgue, obrigado!

Ah, deixe seu comentário, isso pode me ajudar a criar outros conteúdos.
E vote nas estrelinhas bem ao fim.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.---- "Se você não quer ser criticado, pelo amor de Deus, não crie nada novo./ A única maneira de pensar fora da caixa é inventar um jeito de sair dela./ Se você quer inovar, deve estar disposto a ser incompreendido./ O fracasso e a inovação são inseparáveis." - Pensamentos de Jeff Bezoz CEO da Amazon internacional

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)