EXEMPLO DOS ANIMAIS PARA OS HUMANOS

EXEMPLO DOS ANIMAIS PARA OS HUMANOS

Existe uma diferença muito grande entre o homem e o animal. O homem sabe que existe, ou seja, tem autoconsciência. O homem sorri, pensa com mais clareza, contudo seja importante esta diferença, na maioria dos casos a distância evolutiva entre alguns homens e alguns animais não é muito grande.

Os golfinhos

O golfinho é um animal inteligente que apresenta muitos recursos sofisticados. Ele pode estabelecer até cinco diálogos com outros golfinhos, a sua maneira, simultaneamente. Existem casos de golfinhos que encontram pessoas vivas ou até mesmo corpos no mar e os levam delicadamente até a praia. Estou ignorando outras observações que conheço e focando nas positivas.

Os golfinhos são dóceis e fáceis de adestrar. São também muito criativos e em cativeiro quando são treinados a dar um salto ou fazer um determinado exercício, se acostumam com o alimento que é um peixe como prêmio. Após ter sido bem estabelecido este condicionamento, se o golfinho dá o salto e não ganha o peixe, por si só cria um salto novo diferente do primeiro, para conseguir ganhar o prêmio. É realmente notável!

Os golfinhos também têm um espírito de equipe especial: eles andam em bando para se defender dos tubarões e os enfrentam de frente quando é preciso. Também agem assim para efeito de pesca e alimentação.


Os gansos

Quando você vê gansos voando em formação de “V”, pode ficar curioso quanto às razões pelas quais eles escolhem voar dessa forma e imaginar que é apenas um acaso.

À medida que cada ave bate suas asas, ela cria um vácuo que serve de sustentação para a ave seguinte. Voando em formação “V”, o grupo inteiro consegue voar pelo menos 71% a mais do que se cada ave voasse isoladamente.

Sempre que um ganso sai da formação, ele repentinamente sente a resistência do ar e o arrasto de tentar voar só, e rapidamente retorna à formação, para tirar vantagem do poder de sustentação da ave imediatamente à sua frente.

Quando o ganso líder se cansa, ele vai para traseira do “V”, enquanto um outro ganso assume a ponta, em um perfeito revezamento. Os gansos de trás grasnam para encorajar os da frente a manterem o ritmo e a velocidade.

Quando um ganso adoece ou se fere e deixa o grupo, dois outros gansos saem da formação e o seguem, para ajudá-lo e protegê-lo. Eles o acompanham até a solução do problema e, então reiniciam a jornada os três ou juntando-se a outra formação, até encontrarem o seu grupo inicial.


O ser humano

Talvez precisemos observar e respeitar melhor nossos irmãos de evolução (os animais) para que não nos tornemos piores que eles em nível evolutivo.

Os homens são uma espécie privilegiada, porém nem sempre superiores aos animais. É o único animal que ri, que fala e se comunica (ou tenta) com maiores detalhes. Às vezes até telepatia (transmissão do pensamento) ele consegue.

O ser humano pratica estupro de suas fêmeas e também se utiliza de alta tecnologia para matar em massa. Gases, produtos tóxicos, guerra biológica são bons exemplos disso. A bomba atômica, a bomba de hidrogênio e a bomba de nêutrons são outros bons exemplos.

Qualquer força armada de qualquer país dispõe de armas e estratégias sofisticadas. Talvez seja necessário um pouco de humildade e respeito entre nós para que sejamos um pouco melhores. É sadio não se orgulhar da tecnologia enquanto nos matamos uns aos outros.


Diversidade evolutiva

Existem diversos níveis evolutivos no templo da existência. Uma barata é um ser mais evoluído do que uma ameba ou que uma samambaia, um leão é mais evoluído que a barata, um cachorro doméstico é mais evoluído que o leão. Alguns seres humanos são mais evoluídos do que outros. Pense nisto.

Os homens estão engatinhando no caminho da evolução e só agora no século 21 (2012), estão surgindo pontos de vista mais lúcidos, conscientes e mais justos para apoiar nossa evolução.

O planeta Terra é um grande hospital-escola (mais para hospital), ou seja, um lugar que viemos para sofrer se necessário e desse sofrimento tirar proveito ou, se preferirmos, tirar proveito sem sofrer. O que não vai pelo amor, vai pela dor.

É fácil perceber a densidade demográfica aumentando, crises político-financeiras ao redor do mundo, falta de empregos, baixo poder de compra, os governos ditadores que não investem na educação e nem na saúde, corrupções e escândalos, analfabetismo, alto índice de criminalidade, etc.

Cada vez mais cresce a proliferação de legiões de fanáticos, verdadeiras massas impensantes, guiados por profissionais religiosos e epicentros conscienciais “donos da verdade” que os manipulam dizendo o que é certo ou errado, o que é pecado ou o que não é, o que é verdade ou mentira, como se vestir, falar, andar sem o menor preparo ou competência universalista, eclética e ecumênica. Até mesmo suicídios coletivos promovidos por religiões nós vemos.

É o crescimento da falsa espiritualidade ou espiritualidade mercantilista, mercado próspero, que irá levar às decepções futuras grandes multidões robotizadas, gerando dor e sofrimento após o seu desenlace físico ou renascimento para uma outra vida. A multinacional mais rica e poderosa do mundo não é a Microsoft e nem a Coca-Cola (2000), mas de uma religião.

Quais são as perspectivas de futuro para seus filhos ou netos? Ou para seu irmão? Ou para seu amigo? O que fazer diante de tantos problemas que parecem sem saída? Será “castigo de Deus”?

Por isto, é necessário um esclarecimento geral às pessoas sobre suas dores e sofrimentos, para criar uma nova perspectiva de vida, em um linguajar mais simples possível, embora exija um mínimo de cultura geral para seu entendimento.

 


Quem nega a ciência,

abraça a ignorância,

mas apesar da ciência ser um excelente caminho,

não se prestará a nada sem coração.


A reforma íntima,

associada ao amor e à espiritualidade,

é o melhor caminho

para a evolução humana.


O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)