MITOS SOBRE OS CHACRAS E ENERGIAS

MITOS SOBRE OS CHACRAS E ENERGIAS

Citamos a seguir alguns poucos mitos (não todos) sobre os chacras e a seguir a justificativa com a explicação correta, que o estudante e o pesquisador lúcido devem saber para se precaver contra o misticismo e ignorância da New Age dentro e fora da internet:

 

  • “Realizar trabalhos de energia, tratamento e cura sem roupa é melhor para tratar dos chacras” – As energias transcendem o espaço e o tempo e permeiam objetos sólidos e a distância física.
  • Roupa preta bloqueia as energias” – Muitos mestres em Artes Marciais utilizavam roupas pretas e eram exímios manipuladores de bioenergias.
  • Os chacras se desalinham” – Os chacras se obstruem, mas não se desalinham. Desaceleram, mas não param nunca, senão a pessoa morre.
  • O chacra cardíaco está em cima do coração” – O chacra cardíaco obedece ao alinhamento da coluna vertebral, portanto está situado no centro do peito e não em cima do coração, embora exista outro chacra aí também.
  • Chacra esplênico é um chacra principal” – O chacra esplênico não está associado a nenhuma glândula, portanto é um chacra secundário. Todo chacra principal está obrigatoriamente associado a uma glândula. Estão trocando o chacra esplênico pelo sexual, inclusive é um erro do livro de Lead Beater da Teosofia que perdura na internet até hoje e muitos copiam.
  • Colocar o chacra esplênico no lugar do chacra sexual” – O tabu em relação ao sexo fez com que escritores do passado, omitissem o chacra sexual, e esta omissão fez com que muitos estudiosos e escritores ocidentais, pensassem que o chacra esplênico estaria neste local.
  • Fixar cores definitivas nos chacras – Os chacras possuem cores base ou cores de fundo, mas estas variam em função do contexto: saúde, alimentação e sentimentos do momento. Quando os chacras estão desobstruídos eles ficam claros e até brancos.
  • Desbloquear chacras em palestras – você já assistiu alguma palestra sobre alguma técnica de cura, limpeza energética ou as que demonstram alguns equipamentos “místicos” / “esotéricos” tipo um aurameter – medidor de aura, pêndulos e correlatos? Pois é, nada contra tê-los ou utilizá-los, mas com eles ou não, vemos em palestras de seres que não percebem nada de bioenergias, pedindo voluntários para medir a aura e os chacras do público, medindo e dizendo que tal chacra está bloqueado. Depois fazem alguma coisa simples, seja com aparelhos, perfumes, óleos, rituais, gestos, símbolos, etc, depois refazem as medições e os tais chacras se “revelam desbloqueados”. Não somos contra nada disso, até pelo contrário, bem utilizadas quaisquer acessórios podem ser úteis.
  • Dizer que o chacra umbilical está abaixo do umbigo – errado, está acima do umbigo dois dedos.

 

Mas não se desbloqueia um chacra assim como por “mágica”. É preciso uma pessoa (o ser humano é o recurso principal o resto é acessório) potente em bioenergias para fazer tal serviço, e mesmo assim, penso que demoraria 15 ou mais minutos deitada numa maca, num ambiente blindado energeticamente e propício. Claro, peço desculpas pelo generalismo e até por não poder explicar mais as variáveis, apenas deixo como alerta de discernimento.

Tem gente que escreve ÁUREA, mas o correto é AURA. Há também quem escreva CHÁCARA, mas o correto é chacra ou chakra. Agora imagine i incauto desses falando: “os chácaras que estão na área”. Bem, não impede que a Áurea (mulher) tenha uma chácara (pedaço de terra) kkkkk.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)