MEU AMPARADOR

MEU AMPARADOR

Amigo espiritual, anjo da guarda, fiel companheiro, sócio consciencial, que divide comigo um fardo.

 

Um ombro amigo, esteio espiritual nada invisível, forte e sensível que divide comigo o pesado fardo de meu ego ainda obscuro.

 

Contra minha evolução, um muro.

Sofre, chora e sorri junto comigo, também possui lágrimas e não possui asas.

 

Que aconselha e puxa a orelha;

Que não martela, sempre esmera;

 

Que não escorrega, sempre espera;

Que para o Bem, sem ser chamado, vem;

 

E contra o Mal, sem ser mandado, vai;

Se solicitado, vem de bom grado;

 

Que recompensa, para isto nem pensa;

Amigo que instrui, me chama se eu fui;

 

Quando meu coração chora, vem e me consola;

Quando erro de novo, vem e me esfola.

 

Amigo,

 

Que faz a cobrança devida;

Faz a retirada se não se sente bem-vindo;

 

Impõe a presença, se preterida;

Esclarece e instrui, mexe na ferida.

 

Amparador amigo é escola de vida.

Sociedade infinita;

 

Amizade querida;

Vitória sofrida;

 

Trabalho sem fadiga.

Amparador amigo,

 

Venha comigo.

Ajude-me a sair de meu umbigo,

 

Criar mérito e poder viajar por entre as estrelas e visitar, trabalhar e aprender nas colônias de amor suave rosa-violáceo.

 

Ajude-me a poder levantar as bandeiras da esperança de que um dia eu possa gerar energias de amor

incondicional e justo.

 

Obrigado, meu amigo.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)