MEDIUNIDADE FORA DO CENTRO ESPÍRITA É PERIGOSO

MEDIUNIDADE FORA DO CENTRO ESPÍRITA É PERIGOSO

A mediunidade pode ser sadia ou patológica, mas isto depende mais do médium que do local onde frequenta, embora tal local também possa ser sadio ou patológico. Todos somos médiuns em algum grau e a mediunidade se manifesta em todas as religiões, culturas de diversas formas e com diversas interpretações diferentes. Portanto, a mediunidade não é um exclusivismo Espírita, da Umbanda, do Candomblé ou afins. A mediunidade deve ser praticada para autoaperfeiçoamento e a fim de servir ao próximo, seja dentro ou fora de qualquer instituição, doutrina ou religião.

Uma vez ouvi de um dirigente espírita que mediunidade fora do centro espírita seria perigoso, poderia ensejar uma obsessão. A obsessão é uma constante em nossas vidas, independente de sermos médiuns. O médium está mais sujeito à obsessão, mas também está mais sujeito ao amparo espiritual, conforme a qualidade de seus pensamentos (sintonia) e de suas obras.

“A cada um segundo as suas obras”. A cada um segundo sua mediunidade e o ambiente onde a exerce. A mediunidade não é exclusiva de espíritas e espiritualistas. Está presente também em Igrejas e em outros templos religiosos.

E além do mais o médium tem como essência intransferível em si a mediunidade que vivencia e ela não é desligada (embora possa ser educada) quando se “está fora do centro”.

É preciso ser mais amplo e flexível antes de de definirmos de forma contundente certos parâmetros que não contenham alguma “verdade” consciencial.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e também em Educação em Valores Humanos. - Não sou pesquisador da consciência, nem de religiões ou afins, sou apenas um escritor intuído e poeta ingênuo e romântico, médium intuitivo e inspirado, anímico e mediúnico. - Não sou entendido e nem autoridade em nenhum assunto, nem evoluído ou melhor que ninguém, até pelo contrário. - Este site é apenas uma modesta tarefa de redenção consciencial e mais nada, serve para dar vazão o que me surge na mente e que "vaza" pelo coração. Aqui estão "esculpidos" todos os meus defeitos e limitações , sem mais aparências, enfeites ou rótulos, não sou nada e nem sei de nada. Sou o "Tio Dalton" de forma irreverente, bem humorado e brincalhão. Curto rock progressivo, rock pesado, música new age e músicas mais espirituais em geral, adoro filmes de ficção científica e ação, curto eletrônica, áudio, física e matemática, tomo muito café, como carne, estou negligente na leitura e na meditação além de muito preguiçoso. Sou simples, irreverente, caipira e "sinto muitas saudades do meu planeta". MEU SONHO É UNIR AS PESSOAS NUM ÚNICO PROPÓSITO DE EVOLUÇÃO CONSCIENCIAL e a transcender as vaidades pessoais e egoísmos materiais; (utopia factível se não fosse a "babaquice" das pessoas). - "Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso". ------------- DEIXE UM COMENTÁRIO EDUCADO, ELEGANTE E BEM ESCRITO, MOTIVE-NOS!! Não abuse, os comentários são moderados.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)