ESPIRITISMO ORTODOXO X ESPIRITISMO AVANÇADO

ESPIRITISMO ORTODOXO X ESPIRITISMO AVANÇADO

ESPIRITISMO ORTODOXO X ESPIRITISMO AVANÇADO

Ao utilizar trechos ou todo no artigo é obrigatório inserir o link www.consciencial.org

Espiritismo Ortodoxo – sinonímia: Espiritismo primário, Espiritismo sem fraternidade, Espiritismo rude, Espiritismo sem a prática do Evangelho, Espiritismo sem compaixão, Espiritismo sub-reptício, Espiritismo sem lógica, Espiritismo doutrinário, Espiritismo sem amor, Espiritismo atrasado, Espiritismo antigo, Espiritismo insípido, Espiritismo católico, Espiritismo puro, Espiritismo purista, pureza doutrinária Espírita, Espiritismo religioso, Espiritismo kardecista, Espiritismo inquisidor, Espiritismo feudal, etc.

O Espiritismo Ortodoxo possui a característica de ser seguido e defendido por ex-católicos da inquisição (antigas encarnações) e seus simpáticos – generalismo. Kardec criou o Espiritismo, os ortodoxos criaram o kardecismo, e muito menos, ainda interpretam Kardec com distorção e subnível incompatível com a racionalidade, ciência e QI do século XXI. Kardec se viu obrigado a ir em direção a religião para que sua obra sobrevivesse, aplicando a técnica evolutiva – “entre dois males escolha o menor”. Assim o Espiritismo tomou características religiosas da época que simplesmente traz até hoje atrasando a evolução consciencial desses espíritas.

O fanatismo se gradua entre bomba s e línguas, eles já me queimaram no passado e se pudessem me queimariam hoje em nome de Kardec, de Jesus e do Espiritismo Ortodoxo. Será o século XXI o do apogeu da ciência ou do fanatismo?

Não bastam intelectos para analisar a obra de Kardec, o intelecto é um atributo do corpo mental (mentalssoma), que se associado a um forte potencial bioenergético do portador, pode ser mais anti-evolutivo que pró-evolutivo. Hitler era um grande intelecto sem coração cheio de preconceitos.

Estes mesmos Espíritas Ortodoxos, intelectuais de doutrina, craques em preconceito, exclusivismo e exclusão, são como Quevedos do Espiritismo – “só o que escolhi e aprovo é o correto”. Sem universalismo, sem despreconceito, sem amor, as análises se deturpam a conveniência dos egos de poder contra quem questiona. Assim não aceitam e refutam os “Quevedos” que atacam o espiritismo, mas em seguida, estes mesmos, atacam o espiritismo alheio por causa de seus medos e preconceitos.

Sabemos que pelo fato de terem vindo dos umbrais profundos, os bolsões profundos da velha inquisição feudal, e hoje estarem no espiritismo, já é sinal de grande avanço evolutivo, mas nós espiritualistas universalistas, que estamos evolutivamente muito na frente, não podemos nos furtar a defender ideias amorosa, fraternas e avançadas. Deixemos estes em seu nível – com devido respeito, mas vamos grafar as diferenças de tais níveis evolutivos para quem sabe despertar alguns que ainda estejam susceptíveis.

Espiritismo Avançado – sinonímia: Espiritismo universalista, Espiritismo cósmico, Espiritismo científico, Espiritismo holístico, Espiritismo integral, Espiritualismo universalista, Estudos da consciência integral, Conscienciologia cósmica, Conscienciologia holística, Espiritismo amplo, Espiritismo consciente, Conscienciologia universalista, etc.

O Espiritismo avançado é em grande parte seguido por consciências que são encarnações do oriente e seus afins, trazendo mais bagagem consciencial e experiência parapsíquica prática. Boa parte são consciências oriundas da velha Atlântida que também vem se redimir dos velhos desvios – generalismo.

Os generalismos possuem exceções e não é possível NÃO os utilizar em textos sínteses, portanto, há também orientais de nível menor no Espiritismo Ortodoxo e ex-católicos mais evoluídos nos Espiritismo avançado, e claro, outras exceções também.

Não desejamos com a revelação desses FATOS ofender a ninguém, já que os níveis evolutivos são uma realidade e que na questão comparativa no oceano do infinito da multiversidade sempre há alguém mais e alguém menos evoluído que nós e nossas vãs comparações. Uma coisa eu sei, quanto mais evoluída uma consciência, menos ofendida ela se sentirá.

Espiritismo Ortodoxo

Espiritismo Avançado

É focado nas diferenças É focado nas semelhanças
Prioriza produzir obras que criticam a produzir obras que auxiliam Prioriza produzir que criticar, foca na criação, nas gestações conscienciais e não nas críticas
É faccioso Tende a ser universalista
É preconceituoso Aceita a diversidade cultural e religiosa
Não compreende e tem medo da Apometria Utiliza a Apometria a fim de obter mais rendimento no auxílio fraterno
Odeia Ramatís epersegue seus médiuns Estuda Ramatís, Humberto Rhodem, Pietro Ubaldi, Leon Dénis, Robson Pinheiro, Wanderley de Oliveira, Wagner Borges, Roustaing, etc
QI e intelecto QI, intelecto e coração
Tarefa da consolação Tarefa da consolação e do esclarecimento conjuntas
Só Kardec, no máximo até Chico Xavier Muito além de Kardec e de Chico Xavier, estes inclusive
Não compreende nem Kardec e nem Chico – distorções convenientes Compreende Kardec e Chico – poucas distorções
Não admite o estudo de outras linhas de pensamento – manipulação intelectual Admite, estuda e estimula o estudo de outras linhas de pensamento
Críticas e julgamentos exacerbados Críticas e julgamentos exacerbados já com alguma autocrítica
É majoritariamente liderada por velhos – fósseis conscienciais É liderada por todas as idades
Autoconhecimento péssimo Autoconhecimento razoável
Falta de empatia com o próximo Razoável empatia com o próximo
Perguntam ao obsessor incorporado: “Você aceita uma oração?”, o obsessor responde: “não” – mas enfiam sem respeito a oração assim mesmo goela abaixo no espírito Perguntam ao obsessor incorporado: “Você é católico, hindu, mulçumano ou o quê? Então não enfiam a oração católica goela abaixo, respeitando aquele ser
Hierarquia dissimulada, mas severa, conta o tempo de casa Sem hierarquia, líderes naturais por talentos parapsíquico e espiritual, mesmo se jovens
Mediunidade escravizada – só no Centro Mediunidade com critério – dentro ou fora do Centro
Evangelizar intelectualmente Evangelizar com coração e a conduta
Proselitismo discreto Sem proselitismo
Manipulação intelectual – tais livros pode, tais livros não, tais médiuns pode, tais médiuns não Estímulo ao livre pensamento – sem manipulação intelectual
Argumento de ser ciência para endossar sua crença e negar a alheia Estudo dos Paradigma para compreender como ir em direção a ciência
Fé raciocinada como argumento sem coração Fé raciocinada na prática de julgar menos e servir mais
Doutrinação discreta, mas contundente, que humilha o amparado – doutrina forçada goela abaixo a quem já está humilhado pelas próprias necessidades Fazer a caridade sem o ímpeto de doutrinar, deixar a opção livre ao pedinte amparado
Competições internas de indivíduos e panelinhas – jogos de poder Um pouco menos – Competições internas de indivíduos e panelinhas – jogos de poder
Preconceito especial aos umbandistas sejam entidades ou encarnados Parceiros e amigos dos umbandistas, sejam entidades ou encarnados
Só Jesus – cegos para as histórias e geografias de outros Mestres e Avatares Todos os Mestres do ocidente e oriente de todas as épocas e locais
Moralismo primário Abertismo razoável
Falsa humildade dissimulando arrogância Relativa humildade, alguma vaidade
Medo e consciência de culpa em relação ao sexo – lembranças do umbral da inquisição Medo e consciência de culpa minimizados em relação ao sexo – bom humor
Fala mansa Fala franca educada
Comportamento padrão – estereótipos Multicomportamentos
Fogueira de vaidades com discrição Vaidades com discrição
Parapsiquismo insípido mal interpretado e mal utilizado Parapsiquismo muito bom, as vezes mal interpretado, mas bem utilizado no serviço a outrem
Quase sem projetores astrais conscientes Poucos projetores astrais conscientes
Não conhecem trabalhos com as bioenergias para higienização e desenvolvimento do duplo etérico e da mediunidade – no máximo orações Muitas práticas bioenergéticas diversas sem abandonar as orações
Oneração dos amparadores nos trabalhos espirituais Parceria com plano espiritual nos trabalhos
Toda e qualquer coisa fora de Kardec é misticismo – peca pela falta Não considera misticismo além de Kardec – peca pelo excesso
Multidisciplinaridade – as profissões e conhecimentos tem que se adequar ao que já se conhece de espiritismo Multidisciplinaridade – as profissões, conhecimentos, ciências e serviços agregam valor e podem transcender o que se pratica no espiritismo
Desequilíbrio holossomático Homeostase holossomática
Poucos neosinapses Muitas neosinapses
Sem curso intermissivo Mistura: cursos intermissivos bons, básicos e nenhum
Não aceita terapias alternativas – negar antes de pesquisar Aceita e utiliza terapias alternativas – testa para se for o caso, depois negar
 Consideram o homossexualismo sujo e pecaminoso Sabem que o homossexualismo é natural e que já há programações reencarnatórias de casais homo afetivos
Cheio da analfabetos espíritas Semi-cheio de semi-analfabetos espíritas

 

Ao utilizar parte ou todo do artigo é obrigatório inserir o link www.consciencial.org. Esta é apenas uma visão pessoal do autor, que não é dono e nem arauto de nenhuma verdade, mas para chegar a tal conclusão, usei o recurso da UNIVERSALIDADE DO CONHECIMENTO em forma de pesquisa pessoal com os maiores nomes espiritualistas do Brasil. Pesquisei e sondei tais opiniões por anos com as maiores e mais operosas mentes do Brasil.

Veja porquê no Brasil temos tantos espíritas ortodoxos: http://www.institutochicoxavier.com/index.php/informativo/artigos-2/2296-dois-milhoes-de-espiritos-franceses-reencarnaram-no-brasil. Muitos espíritos da Revolução FRancesa estão hoje como intransigentes e fanáticos tanto no Espiritismo como na Conscienciologia – desculpe é um generalismo, ok?

Aos 7 minutos do vídeo de Wanderley de Oliveira ele diz que há espíritas que “SÃO ANTI FRATERNOS” na defesa cega do Espiritismo, mas com as palavras dele: https://youtu.be/8XCZBLWNlYo?t=7m – “A doutrina fala de amor, mas se o outro não pensa amor como ele, se torna o alvo daquilo que eu penso!

“Livro dos médiuns” questão 350 – …o que adianta crer na existência dos espíritos, na imortalidade da alma, se a gente se comporta com tanta inveja, ciúme, egoísmo, soberba, fofoca e ódios?

O Livro dos Médiuns — (Édition Française) – Rivalidades entre as sociedades (348-350)

350. Se o Espiritismo, conforme foi anunciado, tem que determinar a transformação da Humanidade, claro é que esse efeito ele só poderá produzir melhorando as massas, o que se verificará gradualmente, pouco a pouco, em consequência do aperfeiçoamento dos indivíduos. Que importa crer na existência dos Espíritos, se essa crença não faz que aquele que a tem se torne melhor, mais benigno e indulgente para com os seus semelhantes, mais humilde e paciente na adversidade?  De que serve ao avarento ser espírita, se continua avarento, ao orgulhoso, se conservar-se sempre cheio de si, ao invejoso, se permanece dominado pela inveja?  Assim, poderiam todos os homens acreditar nas manifestações dos Espíritos e a Humanidade ficar estacionada. Tais, porém, não são os desígnios de Deus.  Para o objetivo providencial, portanto, é que devem tender todas as sociedades espíritas sérias, grupando todos os que se achem animados dos mesmos sentimentos. Então, haverá união entre elas, simpatia, fraternidade, em vez de vão e pueril antagonismo, nascido do amor-próprio, mais de palavras do que de fatos; então, elas serão fortes e poderosas, porque assentarão em inabalável alicerce: o bem para todos; então, serão respeitadas e imporão silêncio à zombaria tola, porque falarão em nome da moral evangélica, que todos respeitam.

E olhe que temos que ter paciência e carinho com os “Espíritas Ortodoxos”, alguns são bastante odiosos em seus comportamentos, mas isto não significa que não tenham progredido. Me lembro de assistir uma palestra com Waldo Vieira no Rio de Janeiro no bairro da Glória no IIP em 1995 ou 96. Ele sempre com bom humor disse: “você olha a vida do cara, e critica que ele matou 100 pessoas, mas não vê que o cara melhorou, que em vida passada matou 1000”, então é esta mesma visão que eu, Waldo Vieira e Wanderley de Oliveira temos, veja o vídeo aqui no tempo exato: https://youtu.be/FLnve0xnMCY?t=7m8s.

Aproveito para revelar o Hospital Esperança situado num local do plano astral especializado em receber cristão e/ou espíritas que desencarnaram mal: http://www.housedufaux.blog.br/2015/01/5-curiosidades-sobre-o-hospital.html.

Pietro Ubaldi discorreu sobre a estagnação das religiões, o autor de “A Grande Síntese” chega às seguintes conclusões:

1 – “O Espiritismo estacionou na teoria da reencarnação e na prática mediúnica;
2 – Não possuindo “um sistema conceptual completo”, não pode ele ser levado a sério pela cultura atual;
3 – A filosofia espírita é limitada, não oferece uma visão completa do Todo e “não abrange todos os momentos da lei de Deus;
4 – O Espiritismo não construiu uma “teologia espírito-científica, que explique o que a católica não explica”;
5 – O Espiritismo “corre o perigo de ficar parado no nível Allan Kardec, como o catolicismo ficou no nível São Tomás e o protestantismo no nível Bíblia”.Diante dessa situação, propõe Ubaldi a adoção, pelo Espiritismo, dos livros de sua autoria, abrangendo a “série italiana” e a “série brasileira”.E explica: “Trata-se de um produto realizado de uma forma que permite que ele caiba dentro do Espiritismo, porque atingido por inspiração, que é por ele julgada a mais alta forma de mediunidade, aquela consciente, controlada pela razão”.

Não temos compromisso com os egos dos homens e os exclusivismos e purismos patológicos de doutrinas, mas com a “verdade” dos amigos espirituais.

Leia também o texto de Hugo Lapa: “UM ESPÍRITA NO UMBRAL”.

Uma lição para todos nós, de Ramatís, pelo médium Hercílio Maes, livro Mensagens do Astral, pg 36:

“As vossas posturas religiosas ou compromissos doutrinários não vos legarão os valores morais evangélicos se não os quiserdes possuir na intimidade da alma. De joelhos nas igrejas católicas, em cânticos nos templos protestantes, concentrados nas mesas espíritas, meditando nas lojas teosóficas, operando ruidosamente nos terreiros, recitando “mantras” sincrônicos dos rituais iniciáticos ou devorando leituras bíblicas, ainda não passais de vítimas freqüentes da roda das reencarnações. Vinde sofrendo desde a Lemúria, a Atlântida, a Suméria, a Caldéia, a Assíria, o Egito, a China, a Índia ou Pérsia, a angústia das dores e da morte. Guardais no subconsciente as cicatrizes das desilusões com a parentela do mundo ou a decepção dos prazeres animais. Enfrentastes tempestades, agonias epidêmicas e deformidades físicas sob a disciplina do carma purificador; reencarnastes nas margens dos lagos gelados, nos desertos calcinantes, nas florestas úmidas ou nos pântanos infectos. No entanto, ainda amais com ardor a tortura física e não tendes ânimo para a grande e definitiva libertação!
O “homem velho”, das sensações inferiores, ainda vos liga fortemente ao comboio melancólico dos viajeiros das paixões descontroladas da carne. Constituis, sucessivamente, a procissão de escravos jungidos pela corda ao moinho quixotesco da vida humana, embora o Alto vos acene, aflitivamente, e Jesus vos convide para o seu reino de amor e bondade. Vós vos deixais seduzir pelo amor ao mundo ilusório, onde a forma da matéria sufoca a vida magnífica do espírito.

Não deixe de ler esta mensagem comentada com referência a mais 2 livros importantes clicando aqui.

MAIS LINKS DE NOSSO SITE SOBRE ESPIRITISMO

http://consciencial.org/apometria-espiritismo/ramatis-e-o-espiritismo/
http://consciencial.org/textos-extras/um-espirita-ortodoxo-no-umbral/
http://consciencial.org/apometria-espiritismo/o-evangelho-salva/

Vejam o que diz o respeitável médium confiável sobre os ortodoxos no livro A Nova Era – Orientações para o Terceiro Milênio, entrevistando o Espírito Hermes:

livro-a-nova-era-roger-bottini-hermes

livro-a-nova-era-roger-bottini-hermes-pgs-40-e-41

livro-a-nova-era-roger-bottini-hermes-pg-41

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)