VIAGEM ASTRAL VEXAMINOSA E ÚTIL

VIAGEM ASTRAL VEXAMINOSA E ÚTIL

Em 30 de dezembro de 2001, eu estava de férias em Barra Velha, pequena cidade do litoral de Santa Catarina, bem acomodado numa pousada, junto com minha esposa Andréa. A pousada se situava numa fatia de terra, onde a frente ficava o mar e atrás uma grande lagoa.

Como sempre, levei alguns livros e bons rascunhos para escrever, prática regular em minha vida.
Estas férias foram ótimas, pois tive experiências espirituais importantes, que marcaram minha vida para sempre.

Uma delas foi a uma manifestação de um Mestre espiritual de elevado quilate, que me passou uma mensagem pessoal contundente e daí em diante passou a aparecer regularmente escrevendo mensagens muito bonitas.

Mas não é disso que vou falar agora. Todo aquele clima de tranquilidade, descanso e relaxamento ajudaram em meu desprendimento espiritual e bioenergético, para que acontecessem várias experiências.
Uma delas foi uma experiência fora do corpo, que chamei de vexaminosa, porém nem tanto.
Foi muito mais educativa que qualquer outra coisa.

Livro-Tecnicas-Praticas-Projetivas-Bioenergeticas

Então descrevi toda a experiência ao levantar:

Ontem deitei pedindo a meu amigo espiritual para se servir de mim fora do corpo, me usar para fazer assistência extrafísica. Pedi para descer ao mais denso e profundo dos umbrais. Fui sincero e assim foi feito. Tive uma noite agitada, angustiante, senti até medo e acordei inquieto, triste e cheio de dúvidas.

Enquanto Andréa tomava banho sentei-me na cama e fiquei pensativo olhando um ponto fixo no espaço. Eu me perguntava: o que houve? Fiquei alguns minutos estáticos ali. Daí a um momento levantei-me e fiquei de pé em frente a um grande espelho e fitei-me dentro dos olhos.

Por fim fiz-me de novo a pergunta: o que houve? Senti imediata expansão de energias e dois “tremeliques” como se desacoplassem 2 espíritos de mim (não tenho certeza se foi apenas uma repercussão energética ou ou um desacoplamento), mas me senti mais leve e mais solto.

No mesmo instante vieram as respostas e uma lembrança tênue dos eventos extrafísicos da noite anterior. No trabalho de assistência é impressionante como os assediadores nos conhecem. Conhecem nosso passado (outras vidas), todos os nossos defeitos e erros desta vida.

Durante a projeção no umbral eu estava de frente a uns 2 ou 3 obsessores e eles me destratavam no que podiam e jogavam todos os meus defeitos em minha cara. É como se você não tivesse o direito de mudar, de melhorar e se transformar em bom.

Eles pegam até as pequenas coisas (erros) seus e tentam ampliar para te ofender e te humilhar o máximo que puderem.

Para concluir meu amparador (amigo espiritual) disse para mim:

1) Não basta querer ajudar, é preciso saber e poder. Existe muita malícia no ambiente extrafísico e uma infinidade de técnicas, inclusive a do “coração”;

2) Para quem quer servir e principalmente em ambientes ultra densos é melhor não estar lúcido, pois a barra é pesada;

3) Quem se oferece a assistência não escolhe. O amparador sabe o que é melhor, cabível e prioritário para você;

4) Servir não é fácil, mas é um ato de amor.

No fim agradeci imensamente a projeção “vexaminosa”, mas didática, pois aprendi muito e claro, continuo as ordens com toda modéstia lúcida e inteligente.

Eu nasci para servir e nada mais importa.

Paz, Luz e boas projeções a todos nós.

Dalton – Barra Velha – SC

Se você acha que este texto pode auxiliar alguém espiritualmente compartilhe e divulgue, obrigado!

Gostou desse conteúdo? Queremos saber sua opinião, responda a pesquisa a seguir e deixe seu comentário logo abaixo.
E vote nas estrelinhas bem ao fim.

 

viagem astral como fazer, projeção astral, viagem astral pdf, viagem astral relatos, projeção da consciência, viagem astral livro,

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)