PARAPSIQUISMO – MEDIUNIDADE – PROJEÇÃO ASTRAL

PARAPSIQUISMO – MEDIUNIDADE – PROJEÇÃO ASTRAL

Parapsíquico deriva de parapsiquismo que se refere a eventos paranormais ou eventos PSI estudados pela Parapsicologia. Onde antigamente se dizia “paranormal”, hoje se diz “parapsíquico”, mas paranormal se tornou quase um pejorativo graças a mídia que ama explorar temas facinantes

Conforme relato na introdução do livro O Karma e suas Leis  nasci e fui criado em família parapsíquica, tendo vivenciado fenômenos dessa natureza a vida inteira. Portanto, não discorro por teoria ou pesquisador de biblioteca. Ainda sou médium, sensitivo, psicógrafo e tenho razoável clarividência e experiências fora do corpo, mas nem valorizo muito essas coisas, não apenas por estar muito acostumado, mas porque considero que são apenas ferramentas e que podem, inclusive serem mal utilizadas, sendo contraproducentes na evolução consciencial da pessoa, e conheço casos assim pessoalmente.

Inclusive pode haver uma relação íntima entre parapsiquismo real e desequilíbrios psicológicos, e até a questões mais profundas, como condições psiquiátricas, inclusive psicoses leves. Relação essa que deve ser estudada com muito controle e parcimônia, pois já existiram muitos mitos associando mediunidade a desequilíbrios e até a condições financeiras – já li monografias sobre isso. Mas apesar de conhecer 3 elementos parapsíquicos com tendências psicóticas, devido a mania de grandeza e vaidade exacerbada, há muitos outros sadios.

Uma pessoa que é médium, pode ser ou não ser parapsíquica.

Um médium, pode ser ou não ser projetor consciente (viagem astral lúcida).

Dizer também “sensitivo” também é uma forma de dizer parapsíquico, conforme o meio. Um sensitivo é quem “sente” porque “percebe”, e tais percepções vão além dos 5 sentidos ordinários e cotidianos.

São condições ainda não pesquisadas, a não ser em teoria, ou seja, apenas analisadas do ponto de vista intelectual e intuitivo, mas sem qualquer consenso de conclusão, mesmo nos meios espíritas / espiritualistas / metafísicos / metapsíquicos / PARAPSICOLÓGICOS / conscienciais que as admitem, a elas se referem e ainda as lidam de forma comum.

Os eventos PSI atualmente (2017) são referidos como “Eventos Anômalos” como jargão próprio da Parapsicologia.

SALADA PARAPSÍQUICA

Infinitas possibilidades

Então imagine a complicação de todas estas potencialidades. Se o processo da mediunidade em si, já não fosse complexa o suficiente. Os tipos e manifestações de mediunidade são diversas, com nuances infinitas de combinações entre si. Embora, a viagem astral consciente ou experiência fora do corpo lúcida, seja também, uma manifestação do parapsiquismo inerente de quem a possui, mas por ser bem definida e específica, pode ganhar um tópico destacado a parte.

São talentos (e não virtudes) que alcançaremos com o tempo no decorrer das multi reencarnações. Algumas pessoas ingênuas acreditam que quem possui alguns desses talentos é muito avançado ou virtuoso, mas estão enganadas. Muitas pessoas com esses 3 talentos podem ser levianas, irresponsáveis, vaidosas, arrogantes, canalhas e até, como já disse e conheço, psicopatas.

O que importa é o caráter da pessoa e sua intensão sincera de ajudar e servir as pessoas, sem enganar, sem florear, sem mistificar, sem se envaidecer de nada, apenas cumprindo seu papel com humildade e discernimento consciencial. Quanto maior a árvore, maior é tombo!

Não se impressione com fenômenos, não confie cegamente. Questione, podere e pense, mas para isso ser eficaz, você tem que ter informação, instrução e estudar, para poder argumentar e derrubar as falácias argumentativas, que é uma de minhas especialidades aqui no site Consciencial.Org. Faça sua parte sem criar dependências com ninguém e estude muito para aprender a confiar em si mesmo.

Esta é apenas uma parcial, genérica e relativa visão desse autor, que pode estar meio certa ou meio errada, espero que seja útil ao debate.

Obrigado e abraços, Dalton

 

 

 

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)