MINHA VIDA, MEU AMOR…

MINHA VIDA, MEU AMOR…

Minha vida, meu amor…

 

Se as estrelas me chamarem a fim de se oferecerem a mim eu dir-lhes-ei: vocês são muitas, são tão maravilhosas e belas, cheias de esplendor e sedutoras, no entanto se eu me enamorar de vocês, por mais amplas que sejam, morará um vazio dentro de mim;

 

Se as sereias e os mares me chamarem a fim de se oferecerem a mim eu lhes explicarei: o mar impõe respeito e representa a glória de Deus de tanta vida que possui em teu seio, as sereias são lindas, charmosas e sensuais e todos as desejam, porém se eu me enamorar de vocês habitará um vazio em minha mente e em meu coração;

 

Se a lua cheia sorridente e prateada radiante em sua aura metálica tentar me seduzir, a ela eu direi: és maravilhosa e sedutora, tu é fonte de inspiração a muitos seres e muitos amores, porém tu não me inspira tanto quanto meu amor;

 

Se todos os prazeres, belezas e riquezas materiais piscarem seus olhos luxuriosos para mim eu lhes direi: nenhum prazer é tão pleno e gratificante quanto à presença física e espiritual de minha amada;

 

Se as estrelas, as sereias, os mares, as montanhas, a lua e todos os espaços infinitos tentarem me aliciar, eu simplesmente lhes direi: o único recanto do universo onde encontrei a minha paz, a minha felicidade e o meu amor é no seio de minha amada e a ela eu me dedicarei para sempre abdicando de tudo e até mesmo de meus defeitos.

 

 

 

 

 

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)