FRATERNIDADE UNIVERSAL

FRATERNIDADE UNIVERSAL

Entre aromas de rosas e pétalas energéticas do coração é que se processam as melhores assistências espirituais.

Obsessores só obsidiam obsessores, portanto, quase todos o são também. Ao invés de desejarem expulsá-los como se fossem “fortes” e “superiores”, melhor assumir as limitações com espírito de auto e heterofraternidade.

Os seres invisíveis que agridem cheios de ódio, desprezo e vingança, são apenas carentes de um amor que não conhecem e as pessoas em geral também são incompetentes em doar.

Assim antes de se “proteger” e antes de se “limpar”, deve-se procurar reformar a falta de amor íntimo, a falta de paciência interior e o excesso de arrogância doutrinária, filosófica, conceitual, purista ou exclusivista de alguma ordem ou de qualquer linha de pensamento.

Antes de acender o incenso, de fazer a evocação em tom de voz alto e imperativo, antes de instalar o estado vibracional egoísta e agressivo, de visualizar os yantras, de proferir mantras, rituais e símbolos de poder, de magia, wicca, etc, deve-se perguntar por que se está fazendo isto.

A rigor e em essência nada disso atende. São efêmeras ferramentas ou muletas de um estágio evolutivo humano e terráqueo.

A arrogância técnica se perde no vazio do coração.

O orgulho filosófico doutrinário embota as intuições elevadas.

A magia ritualística desconstrói a eficácia evolutiva.

Entre 1000 ferramentas, o ritual do perdão, o mantra da paciência, a evocação da humildade e religião do amor, são abandonados nos vales do esquecimento dos egos insanos.

O comodismo e o conforto social nos bastam.

Os status de espiritualistas, palestrantes, escritores, médiuns, terapeutas, parapsíquicos, projetor consciente, moderadores, owners de listas e sites evoluídos, se enchem de razão e orgulho.

É mais fácil agir que servir.

É mais fácil pensar que se doar.

É mais fácil “tecnizar” que amar.

Onde se escondem seus corações?

Procure em seu umbigo que o encontrará!

Informação não é conhecimento e conhecimento não é sabedoria.

Atualmente estamos na info-era, a era das infovias[1] de alta velocidade, dos satélites, celulares e bancos de dados.

Seria bom iniciar a pensar e se preparar para a era da consciência.

As infovias (vias de informação) serão trocadas pelas vias conscienciais navegando em nossos chacras, parachacras[2], nádis e paranádis.

As tecnologias materialistas serão trocadas pelo amor que dinamiza as energias.

As células fotoelétricas, lanternas e holofotes serão trocados pelos brilhos luminosos de nossas auras.

Os games e chats[3] serão trocados por abraços carinhosos e fraternos.

Os carmas pesados e dolorosos serão trocados por dharmas[4] sorridentes e agradáveis.

Os preconceitos religiosos, filosóficos e doutrinários, serão trocados pela fraternidade universal.

O universalismo e o amor são incipientes no planeta Terra.

Mas o amor é real,

O bem está presente,

Há muitas vibrações elevadas e

Há muitas consciências evoluídas trabalhando no anonimato.

Os bastidores extrafísicos vivem procurando sintonias sadias que são raras brechas nos grupos espiritualistas humanos.

Pessoas e grupos que por mais defeituosas e limitadas que sejam, mas que saibam desarmar seus espíritos e abrir os corações aos amigos espirituais pacientes e operosos.

Os amparadores procuram grupos que saibam reconhecer seus erros, que saibam retificar ou recomeçar para melhorar o rendimento de seus esforços.

Que saibam pedir desculpas e ouvir.

Que saibam perdoar para aprender a evoluir.

Que não se agarrem com unhas e dentes aos seus sistemas de valores pessoais e grupais.

Quanto mais flexíveis mais susceptíveis ao empuxo evolutivo.

Quanto mais intransigentes, mais lento se faz o processo da mudança inexorável.

Então que fique claro: o amor é um só, a verdade é uma só apesar de seus paradoxos.

Não existem tipos de amor ou tipos de verdade diferentes.

Embora a manifestação do amor e da verdade possam eclodir de formas variadas, sua qualidade sempre tem que ser a mesma: humildade, perdão, paciência, comunhão, trabalho, cooperação, bem e paz.

Portanto, já passou da hora, procure o amor em seu coração.

Pare de esperar fenômenos grandiosos, aparições espirituais, recados mediúnicos, espetáculos no céu, reencarnações de velhos Avatares, agradecimentos e elogios por seu trabalho.

Faça o mais difícil: ame em silêncio, sirva, ajude ao próximo da maneira que puder, não exagere, não se subestime, não mistifique e assim estará trilhando o verdadeiro caminho da Fraternidade Universal.

Ramatís – outubro/2007 – Curitiba – PR.

Nota do autor intrafísico:

Cai uma chuva suave, num dia frio de outubro em Curitiba. É domingo de manhã, primeiro dia do horário de verão de 2007. Parei na frente do PC para ver os e-mails e administrar minhas listas. Senti uma pressão espiritual que inicialmente não identifiquei. No mesmo momento comecei a jogar energia no PC e no ambiente. Numa fração de segundo me veio à mente: rosas, pétalas, energias e em rompante incontido busquei o rascunho e caneta para escrever.

Este texto, como outros também, serve também para mim. Ramatís aproveita meu despojamento e abertismo para escrever francas mensagens para todos nós.

[1] Sistemas de comunicação por fibra ótica ou por ondas de rádio de alta velocidade.

[2] Se os chacras estão no duplo etérico, os parachacras estão no corpo astral; Se os nádis (condutos energéticos) estão no duplo etérico, os paranádis estão no corpo astral.

[3] São salas de bate papo virtuais.

[4] Dharma é a missão de vida.

Gostou desse artigo?  Então compartilhe, alguém pode estar precisando desse esclarecimento.

Ah, deixe seu comentário, isso pode me ajudar a criar outros conteúdos.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.---- "Se você não quer ser criticado, pelo amor de Deus, não crie nada novo./ A única maneira de pensar fora da caixa é inventar um jeito de sair dela./ Se você quer inovar, deve estar disposto a ser incompreendido./ O fracasso e a inovação são inseparáveis." - Pensamentos de Jeff Bezoz CEO da Amazon internacional

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)