FÁCIL OU DIFÍCIL

FÁCIL OU DIFÍCIL

Ter boas ideias é fácil,

O difícil é realizá-las.

 

Iniciar um novo negócio é fácil,

O difícil é persistir diante das dificuldades.

Desejar servir é fácil,

O difícil é manter-se motivado em frente aos percalços do caminho.

 

Julgar é fácil,

O difícil é analisar sem a crítica mesquinha.

 

Perdoar é fácil,

O difícil é perdoar incondicionalmente.

 

Amar a si mesmo é fácil,

O difícil é se amar quando se autoconhece profundamente.

 

Se emocionar é fácil,

O difícil é transformar a sensibilidade em estado de consciência.

 

Criticar é fácil,

O difícil é o discernimento da autocrítica equilibrada.

A superficialidade é fácil,

O difícil é mergulhar na essência das coisas sadias da consciência.

 

Querer é fácil,

O difícil é a força de vontade.

 

Ler é fácil,

O difícil é entender e sentir.

 

Intelectualizar é fácil,

O difícil é transcender.

 

Frequentar os salões de beleza é fácil,

O difícil é frequentar os salões de aprendizado da consciência.

 

Ser bonito é fácil,

O difícil é possuir uma bela aura.

 

Ser “bonzinho” é fácil,

O difícil é se desnudar da hipocrisia social.

Curitiba 05/01/2005

Gostou desse artigo?  Então compartilhe, alguém pode estar precisando desse esclarecimento.

Ah, deixe seu comentário, isso pode me ajudar a criar outros conteúdos.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e também em Educação em Valores Humanos. - Não sou pesquisador da consciência, nem de religiões ou afins, sou apenas um escritor intuído e poeta ingênuo e romântico, médium intuitivo e inspirado, anímico e mediúnico. - Não sou entendido e nem autoridade em nenhum assunto, nem evoluído ou melhor que ninguém, até pelo contrário. - Este site é apenas uma modesta tarefa de redenção consciencial e mais nada, serve para dar vazão o que me surge na mente e que "vaza" pelo coração. Aqui estão "esculpidos" todos os meus defeitos e limitações , sem mais aparências, enfeites ou rótulos, não sou nada e nem sei de nada. Sou o "Tio Dalton" de forma irreverente, bem humorado e brincalhão. Curto rock progressivo, rock pesado, música new age e músicas mais espirituais em geral, adoro filmes de ficção científica e ação, curto eletrônica, áudio, física e matemática, tomo muito café, como carne, estou negligente na leitura e na meditação além de muito preguiçoso. Sou simples, irreverente, caipira e "sinto muitas saudades do meu planeta". MEU SONHO É UNIR AS PESSOAS NUM ÚNICO PROPÓSITO DE EVOLUÇÃO CONSCIENCIAL e a transcender as vaidades pessoais e egoísmos materiais; (utopia factível se não fosse a "babaquice" das pessoas). - "Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso". ------------- DEIXE UM COMENTÁRIO EDUCADO, ELEGANTE E BEM ESCRITO, MOTIVE-NOS!! Não abuse, os comentários são moderados.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)