EU SOU…

EU SOU…

Eu sou negro…
Eu sou asiático,
Sou indiano,
Eu sou chinês, japonês e coreano…
Eu sou branco, mas,
Sou pardo também.
E claro, sou índio.

Sou do amor, sou da vida,
Sou do mundo…
Sou cidadão do cosmos,
Sediado no meu corpo e amarrado por meu coração.

Sou todos eles,
Sou cada um de vocês.
Sou seu choro, sou suas lágrimas,
Sou seu sorriso e sua gargalhada,
Sou sua paz e sua harmonia,
Sou seu brilho e também sua tristeza.

Sou seu corpo,
Sou sua alma,
Sou seu coração,
Sou cidadão do cosmos,
Filho do Absoluto.

Eu sou cada um de vocês,
Eu sou cada gota que perfaz os oceanos,
Sejam os oceanos dos mares ou o os dos corações da vida.

Eu não entendo nada de música,
Mas sou universalista,
Respeito as raças e credos,
Religiões e tradições
Rituais e manias
De cada grupo, opção e cultura,

Eu não entendo nada de música,
E curtindo um vídeo do youtube
Eu reparei uma mixagem universalista
que mistura nossos corações

E me lembrei que o idioma da música une os povos,
Que o ritual da simpatia cria união
Que o saber do amor, cria compaixão
Se a matemática une as mentes em sua linguagem universal,
Os sorrisos unem até quem não sabe ler ou escrever.

Paz e Luz – Tio Dalton – www.consciencial.org
Cada vez mais simples e modesto, perdido nas coisas do coração.

Se você acha que este texto pode auxiliar alguém espiritualmente compartilhe e divulgue, obrigado!

Ah, deixe seu comentário, isso pode me ajudar a criar outros conteúdos.
E vote nas estrelinhas bem ao fim.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.---- "Se você não quer ser criticado, pelo amor de Deus, não crie nada novo./ A única maneira de pensar fora da caixa é inventar um jeito de sair dela./ Se você quer inovar, deve estar disposto a ser incompreendido./ O fracasso e a inovação são inseparáveis." - Pensamentos de Jeff Bezoz CEO da Amazon internacional

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)