GANESHA EM MEU CORAÇÃO

Dalton Campos Roque – www.consciencial.org Vem Ganesha bailar dentro de meu coração, Mas quero fazer um trato com você, Como forte, não destrua tudo dentro desta “caixa seca”, Peço que medite dentro deste coração de meu ser, E aí transpire sua força em forma de serenidade, E que seja meu Mestre, E me ensine incansavelmente, […]

Leia Mais

NAS ONDAS DO DISCERNIMENTO… E DA AUTOCRÍTICA

Ninguém é completo, ninguém é perfeito, ninguém sabe tudo. Cada grupo, doutrina, filosofia, religião tem uma perspectiva mais ou menos unificada e convergente entre seus agentes e participantes internos. De certa forma, mesmo com falhas, o próprio grupo administra as questões das convergências e divergências do conhecimento e vivências veiculadas por estes. Esta forma de […]

Leia Mais

INFINITO OM-FINITO

Irmão do pó… Filho das estrelas, Contemporâneo de brilho, Colega de evolução. Parceiro de vida… Filho de Gaia, Consciência estelar, Projetor astral. Corpos de luz… Radiação cósmica, Brahman, OM divino… Consciência cósmica… Nirvana, Eterno soberano, Ilimitado infinito. O incognoscível… O imperecível, O impermanente, O amor que ama sem nome… O que você achou?

Leia Mais

SÍNDROMES EVOLUTIVAS

Sinônimos: Síndromes Evolutivas, patologias conscienciais, patologias espirituais, fugas conscienciais inconscientes. Mimese: substantivo feminino; figura em que o orador imita outrem, na voz, estilo ou gestos, em discurso direto. recriação da realidade na obra literária. O sentido que utilizamos a expressão “MIMESE” aqui é uma “imitação de si mesmo”, ou seja, repetição de atitudes de encarnações passadas. […]

Leia Mais

AMIGOS

Amigos são aqueles a quem você ama, se preocupa e considera. Você se incomoda com eles e eles te incomodam. Você discorda, critica e julga também, mas continuam juntos. Ele não te pede, mas você oferece até dinheiro emprestado preocupado com eles. Você os encontra fora do corpo, você os encontra após falecer, eles vem […]

Leia Mais

SILÊNCIO ÍNTIMO

Nas esferas das lembranças do passado Encarando as sombras de mim mesmo Caminhando de frente a meu espelho Lágrimas silenciosas escorrendo Desafiado pelo próprio conhecimento Nem de longe se formatou sabedoria Refletindo no coração de meu silêncio Contra mim como vulcão infinito Por fora relativo sorriso sincero No íntimo a reflexão quase melancólica A responsabilidade […]

Leia Mais

NO DESERTO DA CONSCIÊNCIA

Eu caminhava só no meio do deserto; Estava descalço e nu, enquanto o sol escaldava minha pele; Cada momento parecia uma eternidade; Só não sofri mais porque estava envolvido em infinita solidão; O que me manteve foi a esperança; Durante o dia eu bufava no calor e a noite gemia de frio; Não entendia aquela […]

Leia Mais