PRÁTICA TÉCNICA ENERGÉTICA DA CURA E AUTO CURA

PRÁTICA TÉCNICA ENERGÉTICA DA CURA E AUTO CURA

Posição: qualquer uma, mas de preferência deitado e bem relaxado.

Estado: relaxado e atento.

Objetivo: obter auto e heterocura

Foco: qualquer parte do corpo sua ou de outrem que não esteja sadio

Horário sugerido: qualquer um

Tempo previsto: 10 minutos ou menos

Características: o exercício  utiliza as bioenergias de amor e saúde na cor rosa, baseando-se na persistência e continuidade diária, afinal, “angu de um dia não engorda cachorro”.

Detalhes: O praticante poderá usar em si mesmo, aliás este é o objetivo maior da prática, pois na realidade não existe cura, apenas auto cura. Quando você vai a um médico, ele é apenas um agente catalisador de sua cura. Não é o médico, o remédio, o santo, a promessa ou o milagre que te cura, é você mesmo quando aprende o que deveria espiritualmente. Se você achar 10 minutos muito tempo, poderá fazer por 3 ou 5 minutos, o mais importante é fazê-lo TODOS OS DIAS para o resto da vida. Assim além de corretiva, a prática funcionará como preventiva. É grátis, não depende de ninguém, você poderá fazê-lo andando, no ônibus, no trabalho, na cama, no chuveiro, no cinema, e onde mais quiser. Basta ser discreto, despistar e ninguém irá perceber. É como se estivesse fazendo uma automassagem bem suave. Não há mais desculpa para não fazer. Você poderá enviar bioenergias do mesmo teor de cura, para qualquer pessoa doente situado perto ou longe de você.

 

Prática da Cura e Auto cura

  • Efetue os procedimentos padrão de relaxamento e elevação de consciência numa posição confortável.
  • Levante as palmas das mãos, você poderá estar de olhos abertos ou fechados. Se estiver em casa tranquilo, mantenha os olhos fechados.
  • Imagine duas nuvens de cor rosa em volta de suas mãos.
  • Procure vê-las com clareza, textura e cor.
  • Movimente suas mãos lentamente, faça movimentos circulares e mantenha as nuvens nas mãos.
  • Observe que quando as movimenta, as nuvens deixam rastros bioenergéticos rosas no ar, como caudas de cometas no espaço.
  • Esta cor rosa brilha e cintila. Ela vai ficando mais forte adquirindo amor e saúde.
  • Junte as palmas das mãos em frente ao peito e mentalize ainda mais forte as nuvens rosas se agrupando e envolvendo-as. Fique assim por alguns momentos…
  • Agora leve as duas mãos na parte do corpo que deseja curar, seja na cabeça, nos olhos, nos pés, no ombro direito, qualquer lugar que seja, e fique ali por alguns momentos…
  • Mentalize as nuvens de suas mãos entrando no órgão que deseja curar, banhando-o por dentro e por fora.
  • Após alguns momentos imagine o órgão sorrindo sadio e agradecido.
  • Repita o procedimento todos os dias para o resto da vida e lembre-se que quanto mais fazê-lo melhor.
O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque – auto intitulado como “Tio Dalton” de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade.
—–
Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e “New Age’s”.
—–
Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática.
—–
É simples, irreverente, se denomina “caipira” e “sente muitas saudades de seu planeta”.
—–
O que mais aprecia é escrever, aprender, criar “coisas” novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. — -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)