KUNDALINI – O QUE É E COMO FUNCIONA

KUNDALINI – O QUE É E COMO FUNCIONA

por Lázaro Freire, pequenas correções e edições de Dalton, ilustrações e montagens de Dalton.

Introdução

Para quem não tem muita base sobre o assunto, ascensão de kundalini ativa os poderes paranormais, além de fundir ao cosmos – proporcionando catalepsias projetivas e kundalínicas, viagens fora do corpo em plano mental, expansões da consciência (samadhi, nirvana, satori, etc), mediunidade, e muito mais.

Nádis são dutos energéticos sutis, que temos ao longo do corpo. É uma espécie de sistema nervoso, ou circulatório, do duplo etérico. Há inúmeros nádis, mas os principais, especialmente para fins de kundalini, são o IDA e o PINGALA (que transportam o pranaenergia até o chakra básico – muladhara), e o SUSHUMNA (que transporta a shakti-kundalini ativada, quando ativada, do chacra básico até o chacra coronário, no raro processo que se chama de ascensão da kundalini, e que provoca SAMADHIS – o objetivo máximo do Yoga, e que promove a re-integração com a divindade e plenitude).

Para ilustrar a correlação dos nomes dos chacras em portugus e sânscrito, eu, Dalton, postei a tabela a seguir:

Nome em

Sânscrito

Nome em

Português

Bijamantra ou Mantra

Semente

Cor

Padrão

Nº de

Pétalas ou Raios

Glândula Desenho
Sahashara Coronário  ou Coronochacra Não possui, mas usa-se o “OM Branco 960 + 12 Pineal

(epífise)

Chacra coronário
Ajnã Frontal, Cerebral ou Frontochacra OM Índigo 96 Hipófise;

pituitária

Chacra Frontal
Vishudda Laríngeo ou Laringochacra HAM

Som: RR

Azul 16 Tireoide e

paratireoides

Chacra Laríngeo
Anahata Cardíaco ou Cardiochacra YAM Verde 12 Coração e

timo

Chacra cardiaco
Manipura Umbilical, Solar,

Umbilicochacra

RAM

Som: R

Amarelo 10 Pâncreas e

suprarrenais

Chacra Umbilical
Svadhisthana Sexual, Sacro, Baixo ventre, Gênito-urinário, Genésico ou Sexochacra VAM Laranja 6 Gônadas Chacra sexual
Muladhara Básico, Perineal, Radical ou Fundamental LAM Vermelho 4 Suprarrenais Chacra básico

Feita esta introdução, vamos lá

1) Quando os nádis Ida, Pingala e Sushumna emergem formando o agrupamento entrançado de energias eles se encontram na região entre as sobrancelhas, correto?

Não é bem que os 3 emerjam.

ida pingala sushunaO sistema de energias da kundalini COMEÇA com o Ida e Pingala. Nesta altura, o sushumna está fora do circuito. O IDA (canal feminino, lua, chandra, esquerdo, yin, frio) e o PINGALA (canal masculino, sol, surya, direito, yang, quente) descem da altura da sobrancelha até o final da coluna. Alegoricamente, são representados de forma enroscada ao longo da coluna. Mas pela clarividência, são notados como paralelos, até o chakra básico.

Estes dois dutos são SUTIS. Levam parte do prana (energia que vem do sol, e que tem partículas divinas, sendo gerada por OUTRAS ativações kundalinicas) para ir, aos poucos, ativando uma energia TERRA, forte, que fica adormecida, enroscada três vezes e meia no chakra básico.

Esta energia, telúrica, enroscada, kundalini, possui uma característica antes de ser acesa e outra depois. No ser humano normal, é força telúrica e vital, curadora, e pouco usada. Após ativada, passa a ser partícula divina mesmo, muda de cor, passa a ser quente, ativa o terceiro nadi (sushumna), e é chamada de Shakti – um nome de Deusa, pois é uma energia INTELIGENTE, INTEGRADA.

O fato é que a função do IDA e PINGALA é transportar este prana, levinho. Este prana é a chama piloto, o chakra básico é a boca do fogão, e a kundalini adormecida é o combustível. Aos pouquinhos, com espiritualidade, prana, equilíbrio e controle do FRONTAL (por enquanto), a mesma vai “aquecendo” aos poucos a fornalha embaixo…

Até um dia ocorrer a combustão, que fará ACENDER e ASCENDER a Shakti (kundalini já ativada, em brasa, divina).

Pois bem, como transportadores de prana, começam entre as sobrancelhas. Entre o nariz (captador de ar) e o Ajña (chakra frontal). E para controlar estes dois dutos, e também o sushumna, há uma espécie de VÁLVULA: Os sub-chakras lalana, em número de 3 (embora sejam tratados como um só), cuja raiz vem do alto do céu da boca (na verdade, lá pelos lados da pineal). Este ponto de onde os dois nádis partem é chamado de KUTASTHA (que significa: o ponto mais alto). Referência a ser o ponto mais alto, fisicamente, da circulação de prana primário.

 

2) Esta conexão é feita na região do Ajna ou no Kutashta?

O Kutashta não é um órgão ou para-órgão. É apenas um “ponto”, representando o local de união de onde partem os dois nádis laterais que vão fazer o prana descer, como chama piloto, até o fogão do chakra básico (muladhara). Já o Ajña vem a ser o chakra frontal, em si, este mais acima, no meio da testa, e alguns centímetros para fora. O Kutashta é um ponto interno; o ajña é real, “para-sólido”, um “para-órgão” (órgão astral), mais acima e exteriorizado para o duplo etérico. É diferente.

ATENÇÃO: O ponto esotérico chamado de TERCEIRO OLHO, olho espiritual, olho de Shiva, tem mais a ver com o kutashta, do que com o frontal.
Pegadinha proposital para enganar curiosos, que faz com que certas práticas não funcionem da mesma forma, se feitas no lugar errado.

ATENÇÃO 2: PRÁTICAS SECRETAS DE KRYIA YOGA DEVEM SER FEITAS NO KUTASHTA, E NÃO NO FRONTAL. Experimentem visualizar a Estrela Prânica (segredinho da Kryia Yoga) no kutashta, em vez de fazer no frontal, e descubram a diferença. Isto é uma prática secreta de KRISHNA, revelada apenas para iniciados em Kryia.

ATENÇÃO 3: Visualizar aquela mandala de Kryia Yoga no kutashta ajuda a ativar a kundalini. Há referências esotéricas àquele desenho, feitas por Krishna, nos livros sagrados hindus. O que é bem diferente de
visualizá-la no frontal, onde teria efeito apenas de lucidez, clarividência e purificação associada ao mental. Ajña é o chakra frontal.

chacras da cabeça

Copyright Wagner Borges

 

3) Os nadis Ida e Pingala se unem na testa, e o Sushuma passa, certo?

O Ida e o Pingala PARTEM da testa, na verdade. E a energia DESCE por eles. Já o Sushumna só entra em ação de fato após a ativação daquela BOMBA energética lá de baixo. Por isso, é preparado para energias pesadas – o que não ocorre com os ida e pingala.

O único perigo de mexer com kundalini é forçar a barra, fazer sem sentimento ou espiritualidade – ou seja, sem prana, sem calma. Neste caso, o ida e pingala podem não estar sendo usados para descer o
prana, adequadamente. E aí, a shakti, despertada na marra, poderia subir pelos ida e pingala, sutis, que não são preparados para isso. O melhor é buscar consciência e espiritualidade, captar prana, se purificar um pouco (sem radicalismos), até sentir algum sintoma kundalínico. Isto indicaria que a chama embaixo está acendendo. Ou seja, o ida e pingala FORAM usados, e portanto, a shakti vai subir pelo canal livre e apropriado, o sushumna, que tem “bitola” (potencial) para isto. Aí dá para começar práticas mais diretas, mesmo. E nesta hora, temperar com sentimento. É o caminho natural. E não oferece risco algum.

O Sushumna, duto “grosso”, central, vem do muladhara (básico) e sobe ao longo da coluna, até o chakra coronário (sahashara).

 

4) É ele que transporta a kundalini fazendo-a passar pelo Sahasrara?

Sim, em termos. Na verdade, quando ela passa por ele, já não é mais kundalini (ou seja, enroscada, inativa), e sim SHAKTI, a energia após a “combustão”, ardente e divina. Quando este troço subir pela sua
coluna você vai entender porquê eles dizem que é divina – não é metáfora.

Mas primeiro ela sobe até o cardíaco. O sushumna prossegue, para levar a shakti bruta. Mas do coração em diante, o caminho de subida é um pouco mais complexo. Eu ainda não o dominei nesta vida, e a maioria do pessoal que conheço também teve subida até o anahata (cardíaco), o que já provoca um samadhi – mas não o maha-samadhi, um êxtase de verdade, associado à vida e à morte.
Bem feito, quem mandou a gente não trabalhar melhor sentimentos e emoções, né?

O fato é que o chacra anahata (cardíaco) possui 12 pétalas. E o sahashara (coronário) é na verdade quase que como dois chakras.
Ele possui 12 pétalas internas, e 960 externas. Este “chakra” interno do sahashara, aquele miolinho do coronário, é chamado de brahmaranda (o portão de Brahaman, o portal para a divindade absoluta e não personificada). É por ele que se faz a saída, seja na morte, seja no samadhi. A saída do labirinto está ali, é por lá que seremos paridos de volta ao lar.

Pergaminho Luminoso

Acontece que cada uma das 12 pétalas do anahata (cardíaco) possui uma ligação direta com cada pétala do brahmaranda (parte interior do sahashara, coronário).

Por ironia e verdade, quando falávamos que espiritualidade passava pelo sentimento elevado amoroso impessoal, não estava fazendo metáfora alguma. Enquanto não aprendermos isso, estamos presos, que ironia de Deus, – a mente comandando o chacra ajña (frontal) era apenas o começo do processo, só o piloto – e tem gente que acha que vai chegar só por ali, como se conhecimento, intelectualidade, teoria fosse sabedoria…

Estou sorrindo e rindo de tal ironia evolutiva inteligente, eu adoro este Deus porquê ele é irônico e bem humorado, exatamente como eu imaginaria “alguém” que é Deus.
Enquanto achar que espiritualidade é religião, e não agregar sentimento, não tem jeito, Deus entrelaçou tudo, e começa com a mente, precisa de equilíbrio, mas vai ter que descer aos infernos e fogo dos chakras mais sexuais e primários, domar a fera, fazê-la subir sem esquecer de NADA, sexo, poder, sentimento, sem transcender e sim controlar, domar, usar sem ser usado, jogar fora preconceitos, e quando se achar o bom o processo energético evolutivo (consciencial) vai parar justo no coração, gargalhadas. Este Deus é muito sacana mesmo, eu o adoro,
literal e figuradamente!!!
Quero ver o que o pesquisador intelectualizado ou apenas parapsíquico sem sentimento elevado vai fazer nesta hora!!!!
Quero ver como a turma de olhos tristes vai se virar…

Não tenho pressa, sei que a vida vai levá-los a isso, quer queiram, quer não, com arrogância ou não. E aí só com sentimento elevado de amor genuíno é que vão chegar ao espiritual, unindo tudo, e enfim descobrindo que a mente e conhecimento era apenas o palito de fósforo iniciador do processo, só o comecinho da reação e que não é nem a chama em si, quanto mais o comburente ou o alimento a ser cozido!!!

Sem cortar a cabeça do ego, não vai ter jeito… Até fundir sentimento e espírito, e ativar as doze pétalas do chacra anahata (coronário) e brahmaranda. E aí, vai com Deus. Ou melhor, vai, deus!

Mais um co-criador despachado de volta ao TODO, mesmo enquanto aqui na Terra. O duro é saber que mesmo colocando todo este conhecimento iniciático que antigamente levavam VIDAS para ser passado em apenas um texto no site www.consciencial.org de meu amigo Dalton, mastigado para vocês, poucos vão entender e menos ainda dar a devida importância, mas a semente está plantada. Alguns vão achar místico, outros vão aproveitar a parte técnica para ter assunto sofisticado e exotérico e se esquecer do SENTIMENTO e do RESPONSÁVEL, do DIVINO que há no processo, que era o mais importante.

5) Porque os nádis Ida e o Pingala não se unem também no Sahasrara, mas ficam mais abaixo?

Espero que a explicação já tenha servido de resposta. Os dois PARTEM do kutashta até o básico, no primeiro passo do processo. E só transportam PRANA, e não KUNDALINI. Já o sushumna, entra na segunda parte do processo, levando SHAKTI (kundalini em combustão, ativada) do muladhara (básico) até o sahashara (coronário).

Sendo que do anahata (cardíaco) para cima serão 13 canais de ligação: 12 ligando cada pétala do anahata a cada uma do miolo do sahashara (cornonário) ou brahmaranda. E o sushumna subindo, continuando seu percurso até ligar o muladhara ao sahashara, o básico ao coronário, o êxtase mundano ao êxtase do santo, o orgasmo ao samadhi, o profano ao sagrado, o físico ao espiritual – e tudo isto, é claro, com muito sentimento. E o fato do coração – anahata estar NO MEIO do percurso também NÃO É uma metáfora.

Lázaro Freire – www.voadores.com.br

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Este é um texto de um autor, blog, site captado fora do Consciencial.Org e postado numa categoria específica chamada TERCEIROS, com as devidas referências, com endereço do autor e do URL da internet onde foi encontrado. Postamos textos que nos afinizamos que cremos agregar valor de conteúdo aos leitores. Somos um site EDUCATIVO para CONSCIÊNCIA de uma nova era planetária e evitamos as tão em moda mistificações e mitificações da nova era ou new age. Abraços dos autores do Consciencial.Org – agradecemos sua visita e seus comentários.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)