ENTENDENDO O QUE É MEDITAÇÃO

ENTENDENDO O QUE É MEDITAÇÃO

O que faz – A meditação conecta nossa mente e o coração fazendo eclodir nosso natural estado de saúde e prazer, o estado natural para o qual nascemos, vivemos e buscamos. Desperta o reservatório infinito de sabedoria, amor, energia, criatividade e inteligência que está subjacente dentro de cada um de nós.

O que é – É uma técnica simples e eficaz, disponível para adquirir relaxamento e descanso profundo, eliminar o estresse, promover a saúde física, emocional, mental, social e espiritual, aumentar a criatividade a inteligência e atingir felicidade interior e plenitude. Integra o ser bio-psico-sócio-espiritual em si mesmo.

No nosso caso, MEDITAÇÃO TRANSPESSOAL não será uma única técnica, mas várias, e ainda faremos uma clara distinção entre TIPOS de meditação e TÉCNICAS de meditação para que o aluno possa até mesmo criar seu próprio jeito ou tipo de meditar confortavelmente.

Benefícios – Traz uma série de benefícios já comprovados cientificamente, e estes estão sendo cada vez mais estudados no ocidente por diversas categorias de pesquisadores sérios: médicos, psicólogos, terapeutas e profissionais interessados na qualidade de vida – vide bibliografia ao final do livro. Algumas empresas de vanguarda já a utilizam em seus quadros internos, a fim de aumentarem o bem estar dos funcionários e melhorarem a produtividade – meditação empresarial.

Por quem – É praticada por mais de dez milhões de pessoas em todo o mundo (dados de 1993, atualmente deve ser o triplo) são sempre técnicas naturais, simples e necessita de muito pouco esforço, mas exige alguma disciplina.

A sua eficácia tem sido provada e validada por inúmeras pesquisas científicas, em centenas de instituições científicas oficiais e também nas independentes de pesquisas em dezenas de países no ocidente, muitos destes dados são encontrados nos sites da [1]MT.

A Meditação não requer mudanças no estilo de vida, nas roupas ou crenças; não é religião, não consome muito tempo e pode ser aprendida por qualquer um independentemente de idade (a partir dos 12 anos) ou nível cultural. Uma vez aprendida e natural pode ser praticada em diversos locais no dia-a-dia que ninguém ao lado notará, como no ônibus, por exemplo fazendo você ganhar tempo.

Se você não tem 15 minutos para meditar duas vezes ao dia, você não tem uma vida. Dalton Campos Roque

[1] MT – Meditação Transcedental de Maharish Mahesh Yogi. Estaremos utilizando os dados e estudos deles como nossa referência também.

O que você achou?

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e também em Educação em Valores Humanos. - Não sou pesquisador da consciência, nem de religiões ou afins, sou apenas um escritor intuído e poeta ingênuo e romântico, médium intuitivo e inspirado, anímico e mediúnico. - Não sou entendido e nem autoridade em nenhum assunto, nem evoluído ou melhor que ninguém, até pelo contrário. - Este site é apenas uma modesta tarefa de redenção consciencial e mais nada, serve para dar vazão o que me surge na mente e que "vaza" pelo coração. Aqui estão "esculpidos" todos os meus defeitos e limitações , sem mais aparências, enfeites ou rótulos, não sou nada e nem sei de nada. Sou o "Tio Dalton" de forma irreverente, bem humorado e brincalhão. Curto rock progressivo, rock pesado, música new age e músicas mais espirituais em geral, adoro filmes de ficção científica e ação, curto eletrônica, áudio, física e matemática, tomo muito café, como carne, estou negligente na leitura e na meditação além de muito preguiçoso. Sou simples, irreverente, caipira e "sinto muitas saudades do meu planeta". MEU SONHO É UNIR AS PESSOAS NUM ÚNICO PROPÓSITO DE EVOLUÇÃO CONSCIENCIAL e a transcender as vaidades pessoais e egoísmos materiais; (utopia factível se não fosse a "babaquice" das pessoas). - "Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso". ------------- DEIXE UM COMENTÁRIO EDUCADO, ELEGANTE E BEM ESCRITO, MOTIVE-NOS!! Não abuse, os comentários são moderados.

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)