ASSISTÊNCIA MAL FEITA GERA PREJUÍZO

Não adianta fazer assistencialidade com palavras e expressões belas (“boas energias”; “paz e luz”; “irmão”, “Jesus”, etc). Assistencialidade se faz com amor, discernimento e ponderação. Assistencialidade feita com orgulho intelectual, afobação e sectarismo doutrinário pode surtir efeito contrário no assistente e no assistido.   Muitos dos problemas dos espíritos errantes são psicológicos (dos encarnados também) […]

Leia Mais