Acupuntura

É um sistema de cura, que através de agulhas, esferas ou laser, atua nos chacras e nádis do corpo bioenergético, reativando estes canais e assim restaurando a saúde. É um dos ramos da medicina chinesa, que utiliza agulhas introduzidas em pontos específicos, que ficam em canais virtuais da pele chamados de meridianos. Cada órgão tem um meridiano na pele e estimulando pontos do meridiano, é possível tratar os problemas no órgão. Os estímulos podem também ser feitos por moxa (uma erva queimada sobre os pontos de acupuntura), por ventosa ou sangrando o ponto. Crianças com menos de dois anos não devem fazer acupuntura e sim uma técnica específica chamada Tui-Na infantil. Em gestantes existem pontos contra-indicados. A acupuntura não deve ser feita em casos de graves lesões na pele. Pelo médico [1]Alex Botsaris.

[1] http://www1.uol.com.br/vyaestelar/vya_estela_alex_botsaris.htm – em 16/12/2005. Alex além de ser médico formado pela UFRJ, é especializado em acupuntura e medicina chinesa na Sociedade Internacional de Acupuntura (Paris) e na Universidade de Pequim. Botsaris é presidente do IBPM – Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais.

O que você achou?
« Back to Glossary Index

Sobre o(a) autor(a)

Dalton Campos Roque - auto intitulado como "Tio Dalton" de forma irreverente, sempre bem humorado e brincalhão. Formado em Engenharia Civil, pós-graduado em Estudos da Consciência com ênfase em Parapsicologia e em Educação em Valores Humanos. Manifestou eventos paranormais e mediúnicos desde o berço e foi criado neste meio, pois seu pai e dois irmãos também manifestavam fenômenos parapsíquicos ostensivos. Começou a aprender com o pai (que é médico e Parapsicólogo) Parapsicologia e Hipnose a partir dos 14 anos de idade. ----- Professor de Informática, espiritualista universalista, médium intuitivo, curioso e espontâneo em desconstruir falácias religiosas, espiritualistas e "New Age's". ----- Curte Rock Progressivo, Rock pesado, música New Age e músicas mais espirituais em geral, adora filmes de ficção científica e ação. Curte eletrônica, áudio, física e matemática. ----- É simples, irreverente, se denomina "caipira" e "sente muitas saudades de seu planeta". ----- O que mais aprecia é escrever, aprender, criar "coisas" novas e originais e organizar conhecimento com tendências mais científicas. Detesta o misticismo exacerbado New Age, o que considera uma desinformação. --- -Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso.---- "Desvio-me daquilo que não posso aperfeiçoar e me aproximo daquilo que posso. Se não tenho condições de curar meu corpo, tenho condições de curar minha mente e, assim, me libertar para tomar decisões sensatas. Eu escolho o que me preocupa. O pensamento pode ser dirigido tanto para o caos quanto para a quietude. Posso optar por não esboçar infinitamente as “causas” das minhas dificuldades e projetar, no futuro, as suas limitações e agonias. Se não posso evitar que certas pessoas me condenem, posso parar de analisar seus motivos e deixar de defender meus atos. Não importa de quais aspectos eu não goste ou tenha medo, posso interromper minhas desgastantes tentativas de torná-los perfeitos." Hugh Prather - A Arte da Serenidade

Deixe um comentário

Comentário (requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requerido)
E-mail (requerido)